Arquivo da categoria: Livros para entender RO

Livros imprescindíveis para entender Rondônia – Rondônia, de Edgard Roquette-Pinto

RONDONIA - ANTHROPOLIGIA - ATHNOGRAPHIA - EDGARD ROQUETTE - PINTO - CAPA

Edgard Roquette-Pinto: médico, sonhador, antropólogo, educador, radialista, escritor, cineasta bissexto, brasiliano. Num homem só, dos trópicos tórridos, único de sua época, raro em qualquer tempo. Criador do rádio educativo no Brasil. Grande impulsionador do cinema educativo. Médico e indigenista. Buscou mostrar o Brasil profundo para os de seu tempo. Talvez não seja exagero afirmar que Rondonia, possivelmente seu livro mais importante, foi um dos pontos de partida dessa linda, comovente e produtiva mistura!
Paulo Marchiori Buss
Presidente da Fundação Oswaldo Cruz

Leia Também : CD “Rondônia 1912” com Gravações Históricas de Roquette Pinto está disponível para download

Livros para entender Rondônia – Terras dos Karipunas

Terra dos Karipunas é uma obra que focaliza a trajetória histórica de diversos povos indígenas da Amazônia, principalmente dos que ocuparam e ainda ocupam terras de Rondônia, considerando suas lutas e formas de exploração, a que foram submetidos.
Na elaboração tomamos como ponto inicial dos confrontos, o Forte do Presépio, a sua fundação em 1616, quando as tribos que encontravam-se ao longo dos grandes rios passaram a serem exploradas e escravizadas.
Durante o primeiro ciclo econômico, o índio fora o principal agente coletor- produtor proporcionador do desenvolvimento econômico, e participante na formação sócio- cultural da sociedade Amazônia.
Na Segunda metade do séc. XIX, iniciava-se uma nova ordem econômica que proporcionaria grandes mudanças e enfrentamentos entre índios e civilizados. Ao iniciar-se o séc. XX, surgia a figura do Cândido Mariano Rondon, e a criação do S.P.I. que contribuira decisivamente para uma nova ordem de relação, entre civilizados e índios.

Livros para entender Rondônia – Rondônia, de pedaço em pedaço uma história, de José Valdir Pereira

RONDÔNIA - DE PEDAÇO EM PEDAÇO, UMA HISTÓRIA! - JOSÉ VALDIR PEREIRA - CAPA

O poeta e escritor José Valdir Pereira é autor de três livros de poesia e de dois livros técnocientíficos. Com larga experiência na área de planejamento e finanças da educação, é bastante conhecido no meio cuItural e educacional dos Estados de Rondônia e Ceará. Em Rondônia, exerceu os cargos de Coordenador de Planejamento da Educação, sub-Secretário de Estado da Educação, Diretor do Centro de Ensino Superior de Rondônia CESUR, Presidente do Conselho Estadual de Cultura, Pró-Reitor Acadêmico da Universidade Federal de Rondônia, membro do Conselho Estadual de Educação de Rondônia e Coordenador do Programa Monhangara – V Acordo MEC/Banco Mundial/Governo de Rondônia.
No Ceará, foi Assessor de Planejamento da Delegacia do MEC no Ceará, Coordenador de Planejamento da Secretaria de Educação do Estado e Coordenador do II Projeto de Educação Básica para o Nordeste, Acordo MEC/Banco Mundial e Governo do Ceará. Atualmente, além de se dedicar à literatura, José Valdir Pereira é Consultor Técnico em Planejamento e em Financiamento da Educação e membro titular do Conselho Fiscal da Associação nacional de Política e Administração da Educação. É membro, também, da Academia de Letras de Rondônia e da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra/ADESG-RO.
Obras do autor:
Nascente- Livro de poesia
Momentos -Livro de poesia
Em Fragmentos – Livro de poesia
Educação: Análise e Perspectivas – Livro técnico-cientifico
Do Financiamento da Educação no Brasil . Livro técnico-científico

Livros para entender Rondônia – Vocabulário Popular de Porto Velho

VOCABULÁRIO POPULAR DE PORTO VELHO - BETO BERTAGNA CAPA

Beto Bertagna, cineasta premiado, mostra com seu Vocabulário Popular de Porto Velho que não é somente com as câmeras que sabe captar o colorido das ruas de uma cidade cosmopolita como a Capital do Rondônia.
Este Vocabulário oferece ao leitor a riqueza de imagens e sons de uma linguagem que tem todos os sotaques do Brasil. E possivel que algum acadêmico mais empombado fique amuado por não encontrar aqui o formalismo dos dicionários tradicionais ou o pedantismo com que certos abestados tentam mostrar erudição.
O melhor deste vocabulário é exatamente a simplicidade, o estilo de crônica jornalística com que foi escrito. Isso lhe dá clareza, precisão, honestidade e autenticidade.
É evidente o carinho e o encanto de Bertagna diante de cada palavra. Ele conversou até mesmo com crianças.
Ouviu-as falando sobre papagaios que queidam, abatidos pelo cerol nas batalhas aéreas das melhores tardes desta cidade do sol.
Este pequeno livro é um arregaço, negócio pai d´égua para quem pesquisa ou quer escrever com colorido regional. E quem não gostar só pode ser alesado. 

Nelson Townes de Castro 

Jornalista 

Livros para entender Rondônia – O Candiru do Madeira

Livro 001Candiru do Madeira 2 e 1/2 -tapando buraco- é o trabalho diário do publicitário,jornalista,jornaleiro e guerreiro Sued Pinheiro e de toda a equipe que faz das tripas o  próprio coração do Alto Madeira. Um carioca de Porto Velho, com a eterna preocupação do homem de imprensa – informar. É no seu caso, com humor, o que torna tudo muito mais difícil. É o trabalho de um louco a serviço da comunidade. Léo Ladeia.