A revolta da vacina 100 anos depois…

A vachina vermelha sino-comunista contém um microplasma amniótico que induz o hipótalamo a se expandir na caixa craniana.E com o tempo, no braço ou bunda, o local da picada dependendo da vontade do vacinando, vai se criando uma espécie de tatuagem irremovível com o lado direito da face do Mao Tsé Tung. Côsa de Loko ! Cuidado ! Obs: tem que se ficar atento com a implantação de nanochip 5G da Huawei. Procure no Google Earth explicações teóricas de Neuroanatomia, Braçologia e Bundologia de induzir inveja no Bu-tan-tan! Obs : na foto se percebe uma das experiências da implantação de uma microcâmera com Wi-Fi que transmitia imagens em 4 K em tempo real por um raio que ía de Santa Elena de Uairén, na Venezuela até o Xuí, na fronteira com o Uruguai. O chefe da revolução cultural teria vetado o projeto por parecer com uma verruga.

2 pensou em “A revolta da vacina 100 anos depois…

  1. Maria do C D santos

    Não sei se devemos rir ou chorar. Impressionante a ignorancia do povo. Para a Cloroquina não precisa de comprovação cientifica. Bastava o Chefe Maior mandar e a mundiça foi tomando. Tem uns que inclusive tomaram Ozônio no fio o fó. Mas para a vacina precisa comprovação científica e a benção de Deus. Isso sem contar a bem colocada implantação do Chipe que vai transformar todos em comunistas. Meu Deus, quando chegarão os ETs?

    Responder

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.