Médicos cubanos disfarçados estariam por trás da “Máfia das Próteses” (via Prof. Hariovaldo)

Por Professor Hariovaldo

Como era de se esperar, os espiões cubanos disfarçados de médicos que desembarcaram no Brasil ano passado não demoraram a aprontar das suas. Como peritos em disfarces e em roubo de identidade alheia, eles teriam se travestidos de legítimos médicos da classe média brasileira e montado um esquema para fraudar o SUS, formando supostamente a máfia das próteses.

Para disfarçar, os médicos cubanos fizeram campanha contra Dilma

A denúncia partiu de uma reportagem na TV segundo a qual as comissões, pagas aos médicos cubanos disfarçados de brasileiros, seriam entre 15% e 50%. Para essas vantajosas comissões os profissionais cubanos superfaturavam serviços, direcionavam licitações, faziam procedimentos desnecessários e até registravam procedimentos não realizados.Segundo uma ex-vendedora de próteses, ouvida pela reportagem, os pseudos médicos brasileiros, envolvidos, chegariam a faturar R$ 100 mil por mês no esquema.

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo Almeida Prado

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.