Eletrobrás faz sua primeira reunião do ano : em pauta, o futuro de distribuidoras e funcionários

Na primeira sexta de fevereiro, dia 1º , o Conselho de Administração da Eletrobrás se reúne em Brasilia para tratar das reformas que a estatal terá que implementar com a perda estimada de R$ 9 bilhões de receita por conta da renovação antecipada das concessões que venceriam em 2015 e 2017.

Na rádio-corredor da estatal se fala em corte de diárias, horas extras, a implantação de um Programa de Demissão Voluntária, o cancelamento de patrocínios esportivos (Vasco vai dançar…) dentre outras coisas.

Algumas medidas devem atingir duramente também as distribuidoras ligadas  a Empresa (como a Ceron) e a venda de participações minoritárias em outras companhias como Copel, Coelce, Celpe, CEEE, Cemat, Celpa e Ceb.

O Sistema Eletrobras tem 30.562 trabalhadores. A expectativa é que a adesão ao PDV atinja entre 10% e 15% do total, um pouco mais de 3.000 trabalhadores.

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.