CurtAmazônia divulga seus premiados

Após uma jornada audiovisual que durou de 25 À 29 de maio, com  174  filmes inscritos de 19 estados brasileiros, o CurtAmazônia encerrado neste fim de semana divulgou a relaçãos do trabalhos premiados.

Premiações Especiais:

1) PRÊMIO SINJOR/RO – Júri da Crítica: “AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS”, direção Camilo Cavalcante, de Pernambuco

2) PRÊMIO “AMAZONSAT “-  JÚRI POPULAR : “DOIDO LELÊ”, direção de CECI ALVES, DA BAHIA.

3) PRÊMIO ABD RONDÔNIA DO  JÚRI TÉCNICO: MELHOR TRILHA MUSICAL : “VESTÍGIOS DO TEMPO”, DO DIRETOR DO FILME RONALDO ADRIANO, E O PRODUTOR DA TRILHA MUSICAL DE EDUARDO OLIVEIRA (KADU) MATO GROSSO.

4) PRÊMIO ABD NACIONAL DO  JÚRI TÉCNICO: MELHOR MONTAGEM :  “PORNOGRAPHICO”, DOS DIRETORES HAROLDO BORGES E PAULA GOMES,  CUJO MONTADOR DO FILME  É HAROLDO BORGES DA BAHIA.

5) PRÊMIO “TV RONDÔNIA” DO JÚRI TÉCNICO: MELHOR DIREÇÃO DE ARTE :   DOSSIÊ RÊ BORDOSA, DO DIRETOR DE ARTES DANIEL BRUSON, DE SÃO PAULO.

6) PRÊMIO FECOMÉRCIO – “MELHOR PRODUÇÃO AMAZÔNICA” : “AOS TRANCOS E BARRANCOS”, DE NEY RICARDO DO ACRE E  “E O QUE NOIS RAMÚ CÚME?, DE DANIEL LUIZ BATISTA, DO AMAZONAS.

7) PRÊMIO GOVERNO DE RONDÔNIA – “PRÊMIO INCENTIVO” : “UM OLHAR SOBRE O PROGRESSO”, DIREÇÃO DE MARIVALDO LAGO, NOVA MAMORÉ/RO.

Premiaçõ da Mostra Competitiva:

A) MELHOR DOCUMENTÁRIO: “NÚMERO ZERO”, DIREÇÃO CLÁUDIA NUNES,  DE GOIÁS.

B) MELHOR ANIMAÇÃO: “DOSSIÊ RÊ BORDOSA”, DIREÇÃO CÉSAR CABRAL,  DE SÃO PAULO.

C) MELHOR FILME AMBIENTAL: “OLHAR DE JOÃO”, DIREÇÃO MARILEY CARNEIRO, DE GOIÁS

D) MELHOR FICÇÃO: “BREVE PASSEIO”, DIREÇÃO RAFAEL JARDIM,  DA BAHIA.

E) MELHOR EXPERIMENTAL : “1:21”, DIREÇÃO ADRIANA CÂMARA,  DE PERNAMBUCO

F) MELHOR FILME INSTITUCIONAL: “DIAS DE CAIÇARA”, DIREÇÃO LUIZ SCARABEL JUNIOR, DE SÃO PAULO.

G) PARA MELHOR DIREÇÃO: CÂNDIDO ALBERTO DA FONSECA, DE MATO GROSSO SUL, COM O FILME:  “BETO LIMA – O INTÉRPRETE DAS FLORES”.

H) PARA MELHOR ATOR : FERNANDO NEVES, DE PERNAMBUCO, COM O FILME: “PORNOGRAPHICO”, DIREÇÃO HAROLDO BORGES E PAULA GOMES.

I) PARA MELHOR ATRIZ – : PAULA BRAUN, DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, COM O FILME: “MARIDOS, AMANTES E PISANTES”, Direção Ângelo Defanti.

J) MELHOR ROTEIRO: “NINHO DOS PEQUENOS”, DIREÇÃO ULISSES COSTA, DO RIO GRANDE DO SUL.

J) PARA MELHOR FOTOGRAFIA – AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS, DE CAMILO CAVALCANTE DE PERNAMBUCO.

K) PRÊMIO SGC-REDE TV RONDÔNIA E DIÁRIO DA AMAZÔNIA – PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI: “GALO PRETO. O MENESTREL DO COCO”. DIREÇÃO WILSON FREIRE, DE PERNAMBUCO.

L)  MENÇÃO HONROSA “ELETROSUL” : “OS ANJOS DO MEIO DA PRAÇA”,  DE ALÊ CAMARGO E CAMILA CARROSSINE, DE SÃO PAULO.

M) MELHOR FILME PRÊMIO BNDES: “AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS”, DO DIRETOR CAMILO CAVALCANTE,  DE PERNAMBUCO, que levou o Troféu “Três Caixas D’Água”, símbolo da cidade de Porto Velho.

Daí, o que você acha disso ? Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.