Arquivo da tag: Nem da Rocinha

“Nem da Rocinha” não vai para Porto Velho

Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, será transferido neste sábado (19) para o Presídio Federal de Campo Grande,no Mato Grosso do Sul,  o mesmo que, até o ano passado, abrigou o traficante Fernandinho Beira-Mar, conhecido como um dos maiores traficantes de armas e drogas da América Latina. De acordo com o diretor da penitenciária Washington Clark, Nem deve permanecer em uma área isolada, conhecida como triagem,com 7 m2 por pelo menos 20 dias. Ainda segundo Clark, o tratamento que será oferecido a Nem é o mesmo dispensado aos demais detentos que estão na unidade, uma das quatro mantidas pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional) no país.   O pedido de transferência de Nem foi feito pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e autorizado pela Justiça Federal nesta sexta-feira (18). A presidência do TJ/RJ afirmou que Nem não poderia permanecer no Rio. Também serão transferidos Anderson Rosa Mendonça, conhecido como Coelho, Valquir Garcia dos Santos, o ‘Carré’, e Flávio Melo dos Santos. Todos serão transportados em um avião da Polícia  Federal.via R7

Porto Velho tem 25% de chance de “hospedar” o traficante Nem da Rocinha

Nesta sexta-feira, em entrevista a uma rádio paulista,  o Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo disse que aguarda autorização do Poder Judiciário para efetuar a movimentação do traficante  Antônio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha . Ele também confirmou que o governo federal está preparado para atender o pedido do secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame.

Segundo Cardozo, “temos quatro presídios federais de segurança máxima que estão abertos para receber pessoas de alta periculosidade. A partir do momento que a vaga é solicitada, existe uma decisão judicial, mas o governo federal está à disposição do Rio de Janeiro e tem condições de administrar a custódia desses traficantes”, afirmou.

O presídio federal de Porto Velho é um deles. Os outros presídios de segurança máxima são os de Catanduvas(PR), Campo Grande(MS) e Mossoró (RN).

No lugar de Nem, Porto Velho merecia a ida do cabo André Souza, da PM carioca que recusou a oferta de suborno para “liberar” o traficante.

Comentário postado no Facebook : ” O governador do Rio, Sérgio Cabral briga prá não dividir os royalties do petróleo com os outros estados. Já os bandidos ele faz questão de dividir .