Arquivos da categoria: Notícias

IBGE disponibiliza novos mapas vetoriais de Rondônia e da região NE

Já está disponível no site do IBGE um conjunto de arquivos digitais vetoriais (shapes, isto é, que podem ser manipulados pelos usuários), resultado dos levantamentos sobre a Cobertura e o Uso da Terra em Rondônia e sobre Hidrogeologia e Hidroquímica de Superfície e Subterrânea na região Nordeste. Estes e outros mapas podem ser acessados pelo link http://mapas.ibge.gov.br/.

O mapa da Cobertura e do Uso da Terra de Rondônia representa o detalhamento do arquivo lançado em 2013 com a escala 1:1.000.000 (1cm = 10km). Ele agora é apresentado em formato vetorial, na escala de 1:250.000 (1cm = 2,5km), de modo a permitir maior possibilidade de manipulação pelo usuário. O acesso pode ser feito pelo link ftp://geoftp.ibge.gov.br/mapas_tematicos/uso_da_terra/unidades_federacao/shape/RO/.

Os mapas de Hidroquímica dos Mananciais Subterrâneos e Superficiais e o Mapa Hidrogeológico da região Nordeste em formato vetorial também permitirão maior manipulação pelo usuário. Eles haviam sido disponibilizados em dezembro de 2013 no formato PDF, na escala de 1:2.500.000 (1cm = 25km).

Os três mapas trazem informações sobre os aquíferos e a qualidade química das águas subterrâneas e superficiais desta região, a mais carente de recursos hídricos do país, oferecendo subsídios para o planejamento de ações e para o uso racional dos recursos hídricos. O link de acesso é ftp://geoftp.ibge.gov.br/mapas_tematicos/recursos_hídricos/regionais.

Em breve, todos estarão disponíveis no site da INDE – Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais, para consultas, pelo link ww.visualizador.inde.gov.br.

Baixe aqui o mapa político de Rondônia

Artista Plástica Rita Queiroz realiza exposição Andando pelas Picadas, em Anápolis/GO

convite---galeria-(3)Diz  a Rita : “Neste momento em que nosso povo sofre tanto com a enchente do Rio Madeira estarei divulgando a necessidade da conservação de nossa cultura ribeirinha. Além disso haverá uma instalação simbolizando este momento infeliz e solicitando solidariedade e apoio do governo para o problema.
Estou arrasada, pois acabo de saber que o Ponto Arte Vida Rio Madeira, que coordenei por 02 anos no Seringal de Santa Catarina – baixo madeira foi atingido fortemente e praticamente nada restou do que estava lá… além de objetos materiais, ferramentas de trabalho,obras de arte… perdemos o histórico do trabalho realizado.”

Estou numa caminhada há muitos anos, sempre em busca do conhecimento do imaginário dos ribeirinhos, sua cultura, seus mitos e lendas, o maneirismo e regionalismo nestas comunidades. Sempre estando em contado com este mundo fantasmático que permeia a realidade desta gente beradeira e das mudanças sociais e culturais pelas quais vem passando.
Foi o que fiz então nestes 37 anos como artista plástica. Estive tentando captar esta áurea, esta energia misteriosa do povo Ribeirinho. Estive apenas tentando explicar o ilógico, o que não pode ser racionalizado.
Criando um ponto de Cultura do Governo Federal/ Estadual com o nome “Arte e Vida Rio Madeira” tive a oportunidade de passar dois anos convivendo com eles e conhecendo a sua realidade, sentindo na pele as necessidades, privações, desvalorização e sofrimento deste povo, inclusive a perca da sua identidade cultural.
Todo meu trabalho artístico foi criado com base nas minhas lembranças de infância. Atualmente muito pouco sobrou daquela realidade. Me surpreendi ao me deparar com a drástica mudança no estilo de vida dos caboclos da região, chegando a ficar muda com meus pincéis, com dificuldade de retratar na arte o que eu via, pois a decepção me paralisou.
Verifiquei que também os ribeirinhos buscaram adquirir bens materiais para se alinharem ao progresso tecnológico que domina o mundo… Mantiveram suas casas em madeira e de pouca estrutura porém, adquiriram geladeira, televisão, celular…
No entanto, há muito pouco estudo sendo oferecido, não há saúde pública ou saneamento básico adequado. O que vi foi : exploração pela prostituição, pessoas acomodadas, sem trabalho, sem recursos, sem sonhos, mais violentos, muito menos inocentes e praticamente nada da tradição cultural.
Na minha infância nos tínhamos hábitos interessantes que em muito despertavam a imaginação e criatividade como brincadeira de roda, contadores de estórias, festas folclóricas. Havia personagens importantes que viviam entre nós como curandeiras, parteiras, mascates. Na beira do Rio Madeira chegavam embarcações chamadas Regatões com os mascates dos Rios, fazendo comércio local dos mais diversos produtos, porém com simplicidade e sem exploração. Não havia fome e a partilha era comum entre vizinhos.

Eles plantavam para sua própria subsistência, pescavam, criavam animais, teciam suas roupas… Hoje ninguém faz mais nada, nem sequer uma farinha, atividade comum naquela época. As seringueiras acabaram, não há mais a atividade de exploração da borracha tão comum na região.
A busca pelo conhecimento do que era básico como ler e escrever era motivação suficiente para justificar o sacrifício de andar por “léguas” para chegar à Escolinha. Hoje, onde há um espaço físico para funcionamento de escola não há professores, e onde há professores os alunos são desinteressados. E a comunidade não percebe o quanto a educação é fundamental.
Em relação aos contadores de estórias, figura popular na comunidade, hoje praticamente não existem mais. Os que ainda estão vivos já são bem idosos (90 anos ou mais) e com dificuldade de repassar as estórias em razão da própria memória já prejudicada pela idade.
O mito é um elemento fundamental para se compreender o processo de evolução da cultura amazônica vez que decorre de um imaginário unificador e transfigurador. Na minha pesquisa senti algo muito interessante… Eles acham que não acreditam mais em lendas como a do Mapinguari por exemplo, mas quando estão pernoitando na mata em busca do açaí e escutam um “ruído” dizem logo: foi o Mapinguari quem gritou! Para logo depois negarem a lenda, dizendo que foi um bicho no mato, nada para se preocupar. No entanto, se falamos com os mais antigos, a crença nos personagens das lendas ainda persiste e eles acreditam fielmente que existem e moram na mata, nos rios, nos igarapés, bamburrais, lagos e cachoeiras.
Durante o Projeto conseguimos resgatar várias atividades que eram comuns no passado através de Oficinas de arte, artesanato e tecelagem. Inclusive grande foi a colaboração de Cecília Espíndola , filha de Anápolis, que por várias vezes foi a Porto Velho , se deslocou de barco para o Ponto Cultural no baixo Rio Madeira e ministrou cursos de tecelagem para os ribeirinhos..
Iniciei meus trabalhos lá, enfrentei dificuldades imensas, acreditando que as pessoas se sensibilizariam e passariam a buscar novas soluções para os seus problemas inspirados pelo poder da criação. Passariam a fazer escolhas mais acertadas, se interessando mais pelos estudos e por uma profissão. Entendo que aprender com carinho faz bem, ajuda a adquirir conhecimento, aumenta a vontade de fazer as coisas de outra forma. Por outro lado, como consequência, teriam mais admiração e respeito dos seus pais e da comunidade.

Foi bom ver o projeto prosperando, progredindo dia a dia, transformando naquele período a rotina local, transformando a realidade dos que vivenciaram a experiência, bem porque aquelas crianças precisavam de sonhos e de serem estimuladas em sua criatividade, não merecendo ter seus desejos interrompidos.
Chegaram os resultados… A comunidade passou a produzir artesanatos, fizemos exposições em Porto Velho, o que reverteu em renda para os novos artesãos.
No entanto, todo projeto tem um prazo para iniciar e para acabar. Apesar do conhecimento adquirido a comunidade não recebeu suporte ou investimento necessário para manter as atividades e progredir no comércio do artesanato. Conclui que ações isoladas são importantes como um sopro que desperta uma comunidade, mas não garante mudanças reais e permanentes. O governo os mantém lá, esquecidos.
Não é uma cesta básica que vai mudar a vida destas pessoas, elas merecem bem mais do que isso. Informação de qualidade e cultura são alimentos insubstituíveis e que estão sendo negados há tantos no nosso País.
Passado o choque do contraste entre minhas lembranças de infância e a realidade atual mantive meu sonho de que a arte é imortal e sempre vale à pena. Sei que a transformação de adultos é mais difícil, mas minha esperança repousa nas crianças e no que ficou registrado em suas memórias. Quando trabalhamos em um projeto queremos resultados imediatos e permanentes, mas quero acreditar que tudo que conseguimos passar para aquelas crianças ainda venha emergir positivamente no futuro.
Assim, estou em outra etapa da minha vida. Finalmente, aceitei que meus 77 anos implicam em limitações para algumas atividades, em especial as que requerem muita saúde e energia como as que são necessárias para coordenar um Projeto como este no Rio Madeira.
Nos meus últimos dias no Projeto, observando o hábito local dos ribeirinhos de sentar nas margens do Rio e ficar comentando as notícias que saem na TV ou o que escutaram falar na cidade ouvi uma frase que me chamou atenção: agora com a construção desta usina em Porto Velho não haverá mais enchente!
Havia certa crítica no ar, já que isto significava que o fenômeno da enchente, tão natural para eles, fazendo parte do seu ritmo normal de vida e algo que eles dominavam muito bem, iria deixar de acontecer por obra do homem.

O nosso Rio Madeira sempre teve seu ciclo natural de vida e quem convive mais perto dele sabe bem como se adaptar as suas mudanças. Nas enchentes os caboclos sobem os assoalhos das palafitas e pouco muda no seu cotidiano.
Eu ficava à beira do barranco pensando que consequências ainda poderiam vir das atividades irracionais do homem contra a natureza. Até quando meu Rio iria ficar quieto diante da destruição feita em nome da modernidade??? Será que o santuário sagrado de tantas gerações iria resistir? E até que ponto os nossos ribeirinhos estariam realmente preparados???
Fim do Projeto para mim! Fim de um ciclo! Voltei para casa, mas dentro de mim ainda pensava o que mais poderia fazer. Certo dia, deitada na minha rede, ela partiu e eu cai no chão. Neste momento chorei, pensei que meu coração também estava partido, partido por tudo que vi e vive junto ao Rio Madeira, os sonhos de infância que se foram, o trabalho árduo, as transformações do tempo. Essa queda provocou em mim um profundo acordar, ou seja, um olhar para dentro de mim mesma.
E a ideia de mais uma exposição surgiu! A primeira instalação seria com a rede partida. A rede faz parte da representação de minha cultura, sempre gostei de meu descanso na rede. O primeiro som e a voz da minha mãe me ninando, gesto que eu trouxe para minhas filhas.
Uma representação de mim mesma também faria parte da instalação através de uma escultura feita em retalhos de minhas próprias roupas. Passei a produzir telas utilizando pertences pessoais, tais como rede, lençóis, roupas usadas, todas peças companheiras silenciosas da minha vida. Decidi que toda a coleção seria uma espécie de reciclagem dos objetos de meu uso pessoal , como que resgatando nos retalhos um pouco de tudo que vivi. Dei o nome Descamação Celular para a coleção e Andando pelas Picadas para esta exposição.
Sejam bem vindos a esta experiência!

62 obras sobre os principais pensadores da educação para download (via Geledés Instituto da Mulher Negra )

Roquette Pinto é um dos educadores cuja obra está disponível para download

O Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção, em par­ce­ria com a Unes­co e a Fun­da­ção Jo­a­quim Na­bu­co, dis­po­ni­bi­li­za pa­ra downlo­ad a Co­le­ção Edu­ca­do­res, uma sé­rie com 62 li­vros so­bre per­so­na­li­da­des da edu­ca­ção. A co­le­ção traz en­sai­os bi­o­grá­fi­cos so­bre 30 pen­sa­do­res bra­si­lei­ros, 30 es­tran­gei­ros, e dois ma­ni­fes­tos: “Pi­o­nei­ros da Edu­ca­ção No­va”, de 1932, e “Edu­ca­do­res”, de 1959. A es­co­lha dos no­mes pa­ra com­por a co­le­ção foi fei­ta por re­pre­sen­tan­tes de ins­ti­tu­i­ções edu­ca­cio­nais, uni­ver­si­da­des e Unes­co.

O cri­té­rio pa­ra a es­co­lha foi re­co­nhe­ci­men­to his­tó­ri­co e o al­can­ce de su­as re­fle­xões e con­tri­bui­ções pa­ra o avan­ço da edu­ca­ção no mun­do. No Bra­sil, o tra­ba­lho de pes­qui­sa foi fei­to por pro­fis­si­o­nais do Ins­ti­tu­to Pau­lo Frei­re. No pla­no in­ter­na­ci­o­nal, foi tra­du­zi­da a co­le­ção Pen­seurs de l’édu­ca­ti­on, or­ga­ni­za­da pe­lo In­ter­na­ti­o­nal Bu­re­au of Edu­ca­ti­on (IBE) da Unes­co, em Ge­ne­bra, que reú­ne al­guns dos mai­o­res pen­sa­do­res da edu­ca­ção de to­dos os tem­pos e cul­tu­ras.

In­te­gram a co­le­ção os se­guin­tes edu­ca­do­res/pen­sa­do­res: Al­ceu Amo­ro­so Li­ma, Al­fred Bi­net, Al­mei­da Jú­ni­or, An­drés Bel­lo, An­ton Maka­renko, An­to­nio Gram­sci, Aní­sio Tei­xei­ra, Apa­re­ci­da Joly Gou­veia, Ar­man­da Ál­va­ro Al­ber­to, Aze­re­do Cou­ti­nho, Ber­tha Lutz, Bog­dan Su­cho­dolski, Carl Ro­gers, Ce­cí­lia Mei­re­les, Cel­so Su­cow da Fon­se­ca, Cé­les­tin Frei­net, Darcy Ri­bei­ro, Do­min­go Sar­mi­en­to, Dur­me­val Tri­guei­ro, Ed­gard Ro­quet­te-Pin­to, Fer­nan­do de Aze­ve­do, Flo­res­tan Fer­nan­des, Fre­de­ric Skin­ner, Fri­e­drich Frö­bel, Fri­e­drich He­gel, Fro­ta Pes­soa, Ge­org Kers­chen­stei­ner, Gil­ber­to Freyre, Gus­ta­vo Ca­pa­ne­ma, Hei­tor Vil­la-Lo­bos, He­le­na An­ti­poff, Hen­ri Wal­lon, Hum­ber­to Mau­ro, Ivan Il­lich, Jan Amos Co­mê­nio, Je­an Pi­a­get, Je­an-Jac­ques Rous­se­au, Je­an-Ovi­de De­croly, Jo­hann Her­bart, Jo­hann Pes­ta­loz­zi, John Dewey, Jo­sé Mar­tí, Jo­sé Má­rio Pi­res Aza­nha, Jo­sé Pe­dro Va­re­la, Jú­lio de Mes­qui­ta Fi­lho, Liev Se­mio­no­vich Vygotsky, Lou­ren­ço Fi­lho, Ma­no­el Bom­fim, Ma­nu­el da Nó­bre­ga, Ma­ria Mon­tes­so­ri, Ní­sia Flo­res­ta, Or­te­ga y Gas­set, Pas­cho­al Lem­me, Pau­lo Frei­re, Ro­ger Cou­si­net, Rui Bar­bo­sa, Sam­paio Dó­ria, Sig­mund Freud,Val­nir Cha­gas, Édou­ard Cla­pa­rè­de e Émi­le Durkheim.

Clique AQUI para > acessar as 62 obras sobre os principais pensadores da educação para download

USS Forrestal, vendido por 1 centavo de dólar, vai virar sucata

Era uma belonave gigantesca um verdadeiro aeroporto flutuante com comprimento total era de 326 metros e largura de 76 metros. Possuía 4 catapultas a vapor. Sua capacidade era de 90 aviões. O navio contava com três hangares sobrepostos e um total de 19 andares, ou níveis.

Sua estrutura pesava 52 500 toneladas de aço inoxidável. A solda elétrica utilizada em sua construção consumiu 1 000 toneladas de eletrodosde aço inoxidável. Possuía quatro elevadores e eram servidas diariamente em torno de 10 500 refeições. Sua central telefônica interna, possuia 2 300 ramais, o consumo diário de água doce, era em torno de 750 000 litros.

Ancorado desde 1993, o porta-aviões tinha capacidade para 3.019 tripulantes e fez parte da frota enviada em 64 pelos EUA que incluía 6 contra-torpedeiros, um porta-helicópteros e 4 petroleiros, para dar apoio ao golpe militar no Brasil.

A operação, na época,  foi batizada de “Brother Sam”. Mui amigo, mui “irmão”.

Deu no G1: viajantes estão isolados após “derrumbes” no Peru

Comunicado aos turistas sobre deslizamentos no Peru (Foto: Eliane Sinhasique/Arquivo pessoal)

Vários veículos, incluindo caminhões e ônibus  estão retidos em Puno e Cusco. A Rodovia Interoceânica, que liga à região de Madre de Diós está isolada devido ao deslizamento de rochas e solos provocados pelo excesso de chuvas.

A ponte Otorongo Crescente , em San Gaban, na província de Puno, e região de  Carabaya caiu e provocou filas de automoveis e outros veiculos.

Dentre os retidos pode haver alguns rondonienses que solicitaram informações ao blog na última semana.

O juiz Giordane Dourado, que se encontra na cidade de Juliaca, departamento de Puno, no Peru, informou em seu perfil no Facebook que muitos estão ficando sem dinheiro, já que não contavam com o imprevisto.

Pró-reitora de graduação da Universidade Federal do Acre (Ufac), Socorro Neri é mãe de um dos viajantes presos no Peru, e teve seu último contato com o filho na manhã desta sexta-feira (3), quando André informou que está bem, e se encontra na cidade de San Gabán. O desvio foi feito por conta de dois deslizamentos na estrada de Cusco para Puerto Maldonado.

foto : Rádio Juliaca

Veja a matéria completa de Amanda Borges no G1 AC

Iphan abre vagas em Rondônia : salários podem chegar a mais de 8 mil reais

Começa hoje, dia 25 de outubro, o prazo de inscrição para o Processo Seletivo Simplificado do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) para selecionar profissionais de nível superior para desempenhar atividades técnicas especializadas. Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) – http://www.iades.com.br - no período entre 8h do dia 25 de outubro e 22h de 18 de novembro. A taxa de inscrição é de R$ 70 para as áreas de atuação de nível superior nas áreas de Logística, Convênios e Contratos e de R$ 66 para as áreas de Arqueologia, Arquitetura ou Engenharia Civil. A data provável da prova é 15 de dezembro.

Para todo o Brasil são, 31 vagas para a área de Logística, convênios e contratos, 80 para Arqueologia e 52 para profissionais de Arquitetura ou Engenharia Civil, incluindo, entre elas, as vagas destinadas a pessoas com necessidades especiais. A remuneração é de R$ 6.130,00 para a área de Logística, convênios e contratos e R$ 8.300,00 para os outros cargos. As provas objetivas – eliminatórias e classificatórias – terão 50 questões distribuídas entre conhecimentos básicos (Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico Quantitativo, Informática Básica, Direito Constitucional, Direito Administrativo e Administração Pública) e conhecimentos específicos (Conceitos e Legislação aplicada ao Patrimônio  Cultural e Conhecimentos Específicos da Área de Atuação). Os candidatos também passarão por avaliação curricular, de caráter exclusivamente classificatório, valendo no máximo 10 pontos.

A portaria autorizando a contratação dos 163 profissionais, por tempo determinado, para atender necessidade temporária de excepcional interesse público, foi publicada no Diário Oficial da União no dia 29 de agosto. Os selecionados vão desempenhar atividades no âmbito do IPHAN, devido ao aumento transitório do volume de trabalho em função das ações que serão realizadas pelo PAC Cidades Históricas.

Confira a íntegra do Edital clicando [aqui]

Empresa de São Paulo põe fim ao monopólio do ECAD

O músico e produtor Corciolli, nos escritórios do Music Delivery em São Paulo

O músico e produtor Corciolli, nos escritórios do Music Delivery em São Paulo

No Brasil, de acordo com a legislação autoral, todos os estabelecimentos que veiculam música ambiente, devem obrigatoriamente pagar uma taxa de execução pública ao ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição). O problema – além dos valores altos que são cobrados – é que o dinheiro nem sempre vai para os titulares das músicas tocadas: O ECAD utiliza um sistema de distribuição baseado em amostragem, remunerando apenas os titulares das músicas mais executadas nas rádios. Ou seja, milhares de compositores e interpretes, mesmo que tenham suas músicas veiculadas, se não estiverem no “top” das rádios, nada recebem.

Virada no jogo

Cansado de ouvir músicas dos artistas de sua gravadora sendo veiculadas em diversos locais e não receber por isso, o músico e compositor paulistano Corciolli, fundador da gravadora Azul Music, resolveu mudar a história: Após 3 anos estudando a fundo as legislações brasileira e internacional de direitos autorais, criou um sistema inovador e pioneiro que dispensa os pagamentos de execução pública ao ECAD. “Conforme estabelece a Lei 9.610/98 de Direitos Autorais no Brasil, é permitido aos titulares dispensarem o ECAD na cobrança da execução pública de suas músicas” explica Corciolli. De posse das autorizações de todos os envolvidos, o músico criou o Music Delivery, um serviço que oferece seleções de músicas totalmente liberadas para veiculação nos estabelecimentos, com custos até 60% inferiores aos usualmente cobrados pelo ECAD. “Nosso sistema é interessante para os dois lados: Os clientes pagam bem menos por um repertório preparado especialmente de acordo com cada perfil e em contrapartida, os titulares autorais passam a receber diretamente do Music Delivery, onde nada recebiam, pelo fato de suas músicas não estarem no top das rádios” complementa.

Identidade musical das marcas

O Music Delivery agrega um outro diferencial, pois desenvolve o “music brand” para seus clientes, ou seja, a identidade sonora da marca, item indispensável na comunicação de uma empresa com seu público-alvo. Esse conceito foi criado há 40 anos pelo norte-americano Philip Kotler – considerado a maior autoridade mundial em marketing e um dos homens mais influentes no mundo dos negócios. Em 1973, Kotler publicou um estudo revolucionário de como o ambiente de uma loja pode afetar o comportamento de seus clientes. De lá pra cá, inúmeras pesquisas acrescentaram um impressionante conjunto de dados, apresentando relações entre os estados emocionais dos consumidores, o tempo de permanência nos locais, a propensão ao consumo e o grau de satisfação com sua experiência. A forma como o ambiente influencia o estado de espírito do consumidor passou a ter enorme importância no ponto de venda, alertando as empresas para a necessidade de atingir um perfeito equilíbrio dos múltiplos aspectos sensoriais, que se tornaram poderosas ferramentas para o posicionamento das marcas: temperatura ambiente, iluminação, cores, layout, aromatização e em especial a veiculação da música ambiente adequada.

A disponibilização do serviço oferecido é recente, as primeiras liberações começaram em abril, mas a empresa já conta com diversos clientes entre shopping centers, lojas, supermercados e restaurantes. Dentre eles, a rede de joalherias Dryzun; Ale Tedesco Bakery e diversos shoppings: Casa &Gourmet (Rio de Janeiro), Estação (Curitiba), Campo Grande (Mato Grosso do Sul) Tamboré (São Paulo) e RibeirãoShopping (Ribeirão Preto). O negócio prospera, apesar de Corciolli não divulgar números. “Ainda é um pouco cedo para isso, mas com cerca de 500 shoppings, 80.000 lojas, 1.000 spas, 40.000 supermercados e mais de 1.000.000 de restaurantes/cafés que utilizam música ambiente, temos bastante potencial e trabalho pela frente”, reflete de maneira positiva.

O novo sistema abre um importante precedente na indústria do entretenimento no Brasil, pondo um fim ao – até então – monopólio do ECAD e chama a atenção de outras empresas do setor. “Estamos em negociações avançadas com algumas editoras e gravadoras, que já visualizam as oportunidades de novos negócios que oferecemos”. Para os clientes, além da economia gerada, o Music Delivery fornece documentação emitida pelo próprio ECAD que garante juridicamente a legalidade do serviço: “Trabalhamos junto com o ECAD, em absoluta transparência, proporcionando aos clientes confiabilidade e segurança”, finaliza Corciolli.

Banksy – O rei do grafite

Banksy – Por trás das paredes é a uma biografia que desvenda a arte do grafiteiro Banksy, já que ninguém sabe ao certo quem ele é. Artista de personalidade genuinamente enigmática, cuja identidade nunca foi revelada, ele permanece como uma incógnita, tanto para o público como para a crítica, desde 1990 quando surgiu.
O desafio do autor, jornalista Will Ellsworth-Jones – que não tem a intenção de desmascará-lo –, foi reunir diversas peças e mostrar como, no espaço de apenas uma década, alguém cujo trabalho era considerado por muitos como mero vandalismo, tornou-se uma espécie de tesouro da Grã-Bretanha. Para escrever o primeiro relato completo da carreira de Banksy, o autor conversou com conhecidos e adversários grafiteiros.
“Ele é o fora da lei que foi arrastado, relutante, mas reiteradamente, cada vez mais em direção ao sistema da arte. Ele é o artista que zombou tanto dos museus quanto das galerias de arte”, descreve o autor.
Banksy é um artista único e responsável por todo um novo movimento na arte. Capitalista relutante, atualmente suas obras são vendidas em leilões por centenas de milhares de libras. Para alguém que foge dos holofotes, oculta seu verdadeiro nome, nunca mostra o rosto e concede entrevistas apenas por e-mail, ele é notavelmente famoso. Sobre o anonimato, Banksy alega que o mantém para se proteger da lei e da ordem.
Em 2003, disfarçado com barba, sobretudo, lenço no pescoço, chapéu e portando uma grande sacola de papel, Banksy adentrou na galeria Tate, em sua cidade natal, Bristol. Passando direto pelos seguranças, ele caminhou calmamente até a sala 7, no segundo andar e, em um espaço vago na parede, quase que escondido, fixou o quadro que trazia na sacola.
Tal ação se repetiu em galerias de Paris, Nova York e Londres. Banksy “presenteou” também os museus Met e MOMA, em Nova York, nos Estados Unidos, que o ajudou a tornar-se um grafiteiro conhecido internacionalmente.

“Certa vez um entrevistador de uma rádio norte-americana perguntou a Banksy se ele fazia esse tipo de incursões sozinho. Ele respondeu: “Faço, sim, porque levar outras pessoas junto não é o tipo da coisa que se faz.” Estritamente falando, ele disse a verdade – uma pessoa só bastou para entrar e colocar a pintura na parede.”

Artista que faz da rua sua galeria, Banksy já foi selecionado para a lista das 100 pessoas mais influentes do planeta, organizada pela revista Times, em 2010, ao lado de pessoas como o atual presidente dos Estados Unidos Barack Obama, o empresário Steve Jobs e a cantora Lady Gaga. Seu documentário Exit Through the Gift Shop [Saída Pela Loja de Presentes] foi indicado ao Oscar.
Sua busca pela fama e reconhecimento é para que pessoas que nunca chegaram perto de uma galeria ou um museu possam ver suas imagens pela primeira vez, em jornais ou na televisão, e especialmente na rede mundial de computadores. Rapidamente, o grafiteiro tornou-se o primeiro artista internacional da internet.
Na obra, os leitores também vão apreciar alguns dos mais polêmicos trabalhos de Banksy. Fazem parte do caderno de fotos do livro grafites e exposições como a “Turf War”, de 2003, que provocou reações de defensores dos direitos dos animais, e que na época gerou a ele ainda mais publicidade e exposição.
Como já mencionado acima, este livro não tenta desmascarar Banksy. Durante as entrevistas com pessoas que conhecem o grafiteiro, o autor afirmou a todo momento que não solicitaria nenhuma revelação sobre a identidade real do artista, que, segundo o jornal inglês The Observer, “faz questão de manter e preservar seu próprio mito”.

Rússia vai oferecer ao Brasil co-produção do caça de quinta geração T-50

A delegação russa, chefiada pelo ministro da Defesa, Serguei Shoigu, realizará entre 14 e 17 de outubro visitas ao Peru e Brasil. Nas conversações está prevista discussão das questões de cooperação militar e técnico-militar.

“Nas negociações no Brasil, estamos prontos para oferecer não só a compra de aeronaves modernas acabadas como o Su-35, mas também a produção conjunta de modelos promissores de aviões como o T-50,” disse um dos integrantes da delegação.

O Su-35 é um caça super-manobrável multimissão de geração 4++, que satisfaz todas as exigências dos caças de 5ª geração, à exceção das tecnologias stealth.

O PAK FA T-50 é um caça russo multimissão de 5ª geração. A aeronave deve entrar em serviço da Força Aérea da Rússia em 2016.

O projeto do T-50, do Programa PAK-FA, já conta com a participação da Índia, que disponibilizou cerca de US$ 25 bilhões e espera obter a versão de exportação do T-50 até 2018.

A Força Aérea Russa (FAR) receberá os primeiros T-50 de produção em série este ano, e comprará pelo menos 70 aeronaves.

O caça traz toda uma série de inovações para minimizar sua visibilidade aos radares. E também novos materiais estruturais e revestimentos, inteligência artificial, e componentes de hardware que elevam a indústria aeronáutica russa a um patamar completamente novo.

Um dos destaques do T-50 são os novos polímeros de fibra de carbono, com peso duas vezes menor do que o alumínio e quatro vezes menor que o aço. Como mais de 70% do revestimento da aeronave é composto por novos materiais, o resultado é um avião quatro vezes mais leve que os construídos com material comum.

Além disso, o T-50 se destaca por uma visibilidade reduzida aos radares, ópticos e infravermelhos. A área efetiva da superfície refletora da aeronave é de 0,5 m2, enquanto a do Su-30MKI é de 20 m2. Isso significa que, no radar, o Su-30MKI aparece como um objeto metálico de 5 por 4 metros, enquanto o T-50 tem uma imagem 40 vezes menor.

Dezenas de sensores colocados ao longo da fuselagem permitem controlar a situação em torno da aeronave, e trocar informações, em tempo real, com serviços terrestres e dentro de um esquadrão. Se não bastasse, um “piloto automático” oferece ao piloto da aeronave várias opções de ação. O T-50 é capaz de decolar e pousar em uma pista de 300 a 400 metros de extensão.

O caça possui elevada capacidade de manobra e alto nível de monitoramento. Um radar de matriz ativa faseada instalado na aeronave permite ao piloto ver tudo o que acontece a uma distância de várias centenas de quilômetros, e acompanhar vários alvos aéreos e terrestres ao mesmo tempo.

O armamento é transportado dentro de compartimentos internos, como exige a tecnologia Stealth. Esses compartimentos podem acomodar até oito mísseis ar-ar do tipo R-77 ou duas bombas inteligentes de 1.500 kg. A aeronave também pode levar em dois pontos duros sob as asas mísseis com capacidade para atingir alvos a uma distância de 400 km.

via Rádio A Voz da Rússia

Leia também > Geopolítica – O Esquadrão Poti agora é aqui

Grupo portovelhense “O Imaginário” inicia Caravana Teatral pelo Maranhão e Paraíba

 

Varadouro_bannerA Caravana Mitos e Lendas a Caminho do Sertão é um trabalho de teatro que levará às cidades de São Luís, no Maranhão e João Pessoa, na Paraíba, uma programação composta por espetáculo, debates, oficina e práticas de construção da cena.

Um dos pontos altos dessa caravana é o espetáculo Varadouro, fruto de um trabalho de pesquisa sobre as memórias de toda a pluralidade de pessoas que ajudaram a construir o estado de Rondônia. Junto com as memórias, há o trabalho da dramaturgia sonora que se utiliza de objetos para reproduzir as sonoridades do cotidiano amazônico adicionando camadas sensoriais à narrativa do espetáculo. O músico Bira Lourenço traz à cena recursos percussivos utilizando estímulo sonoro de elementos naturais, como a água, o barro e as cordas.

Em cena, o ator Leo Carnevale vive diversos personagens que conquistaram as terras,os rios, as florestas: o coronel de barranco, os aventureiros, os encantados, fazendo uma reflexão sobre os caminhos do ser humano e seus sentimentos diante da imensidão que transborda do rio e da floresta. A peça tem iluminação de Osias Cardoso, preparação de ator com Zaine Diniz e a direção é de Chicão Santos.

No dia 27 de setembro o espetáculo foi apresentado em Porto Velho no festival Palco Giratório, realizado pelo SESC. Agora, o grupo inicia a Caravana em São Luís (MA), e nesta primeira etapa a programação acontecerá durante todo o mês de outubro em escolas, universidades, sedes de grupos e nos teatros Itapicuraiba e Arthur Azevedo.

Já no mês de novembro O Imaginário aporta em João Pessoa (PB), para uma jornada durante todo o mês. Na caminhada na Paraíba muita troca com grupos e coletivos de artistas, convivências, visitas a sedes de grupos, escolas e universidades.

Oficina O Ator Criador e a Cena

Durante a Caravana o grupo vai ministrar uma oficina gratuita que abordará três focos principais: a dramaturgia, a atuação e a produção. Com relação à dramaturgia, além do texto composto de memórias e outras referências literárias, é debatido também a dramaturgia sonora utilizada no espetáculo, com atividades e conteúdos baseados em bioinstrumentos e sonoridades da floresta, paisagem musical e recursos percussivos utilizando estimulo sonoros de elementos naturais.

A atuação será trabalhada conforme a linha de trabalho do grupo, na qual o ator é compositor de suas ações e partituras. As memórias, as lembranças e as narrativas como matrizes dos processos de criação e construção. Complementando a oficina, será abordada também a gestão do ofício que é a Arte, com o objetivo abordar a criação e desenvolvimento de um projeto cultural desde sua raiz (ideias) até a sua realização. O trabalho será realizado procurando desenvolver as aptidões de cada artista/produtor orientando-o e capacitando-o em cada passo da construção de um projeto.

O Imaginário

Desde sua criação, em 2005, a principal ação do O Imaginário é discutir o teatro, o público e a cidade, focando no desenvolvimento de conceitos que caracterizam a sua ação por um teatro insurgente e pelo acesso do cidadão a espetáculos de qualidade como um direito social. Com a Caravana, pretende manter vivas as ações de circulação, trocas, compartilhamentos, estudo, pesquisa e investigação com outros coletivos, fortalecendo o fazer teatral no panorama nacional.

Mais 2 mil médicos cubanos chegam ao Brasil nesta semana

De hoje (30) até o final desta semana chegam ao Brasil mais 2 mil médicos cubanos para a segunda etapa do Programa Mais Médicos. Hoje, os primeiros 135 profissionais de Cuba desembarcam em Vitória. Na próxima segunda-feira (7), os 2 mil cubanos iniciam o módulo de avaliação que tem duração de três semanas com aulas sobre língua portuguesa e o sistema brasileiro de saúde pública. As informações são do Ministério da Saúde.
Além dos 2 mil cubanos, os 149 médicos com diploma do exterior que foram selecionados para a segunda fase do Mais Médicos iniciam o módulo de avaliação no dia 7. As aulas ocorrerão no Distrito Federal, em Fortaleza, Vitória e Belo Horizonte.
Na primeira fase do Programa Mais Médicos, 400 profissionais cubanos chegaram ao Brasil e passaram por curso de formação e avaliação. A previsão do Ministério da Saúde é trazer ao país, até o final do ano, 4 mil médicos cubanos. Esses profissionais vêm ao Brasil por meio de um acordo intermediado pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).
Assim como os médicos com diploma do exterior que se inscreveram individualmente, os cubanos que vêm pelo acordo com a Opas não precisam passar pelo Revalida (Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior) e, por isso, terão registro provisório por três anos para atuar na atenção básica e com validade restrita ao local para onde forem designados.

“GTA V” chega ao mercado para detonar concorrência

jogo

O selo americano Rockstar Games lançou a versão de “Grand Theft Auto V”, o vídeo game mais aguardado do ano e que foi mantido sob sigilo durante vários meses. A nova edição da série GTA gerou polêmica e comentários sobre seu aspecto lúdico embora o famoso jogo não tenha abandonado seu estilo subversivo, segundo especialistas.

Cinco anos após o “ Grand Theft Auto IV” e sua releitura do sonho americano através de um imigrante dos Bálcãs em uma cidade inspirada em Nova York, o novo capítulo do GTA desta vez tem o ensolarado ambiente californiano como cenário e três protagonistas na história, uma novidade desde a criação da saga, em 1997.

Michael, um ex-ladrão, Franklin, um jovem delinqüente, e Trevor, um desequilibrado, compõe um grupo responsável por uma série de roubos em Los Santos, um cenário baseado na cidade americana de Los Angeles.

Assim como em outros jogos da série GTA, o jogador, além de cumprir suas missões, poderá realizar diversas atividades anexas como caçar ou praticar tênis. O pano de fundo das ações é uma crítica à sociedade americana. Há uma grande variedade também de veículos, helicópteros e aviões a serem pilotados, além de jet-skys.

Apesar de apenas ser oferecido em dois suportes, o Playstation 3 e a Xbox 360, a previsão é de que o novo jogo possa ultrapassar em faturamento uma outra série de grande sucesso, o “Call of Duty”, disponível em todos os formatos e que nos últimos anos têm se mantido no topo da lista dos vídeo games mais vendidos.

De qualquer forma o GTA V deve atingir um grande número de vendas para amortizar o custo de seu desenvolvimento, avaliado em 200 milhões de euros, de acordo com o jornal escocês The Scotsman. Caso seja confirmada esta informação, será o maior valor já investido por uma empresa de jogos eletrônicos para criar um produto.

Começa hoje Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

foto: Vera de Paula

Começa hoje o 46º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e a abertura nesta noite, às 20h30, na Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional, com a exibição do filme Revelando Sebastião Salgado, em sessão especial para convidados.

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob a regência do maestro Claudio Cohen, apresentará durante a cerimônia um concerto especial, com a participação do violinista austríaco Benjamin Schmid.

Até o dia 24 de setembro será oferecida à população uma extensa programação que contempla, além da mostra competitiva, a realização de oficinas integradas, seminários e debates sobre a produção cinematográfica do país. Confira a programação completa aqui.

Além disso, o público infanto-juvenil poderá assistir às exibições do Festivalzinho, que acontecem diariamente, às 10h.

As exibições são realizadas no Cine Brasília e em escolas agendadas de Águas Claras, Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Jardim Botânico, Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Park Way, Riacho Fundo II, Samambaia, Sobradinho, Sobradinho II e Taguatinga.

Câmeras dos smartphones, com mais qualidade, se aproximam das profissionais

A Nokia convidou dois dos maiores fotógrafos do mundo, David Bailey e Bruce Weber para capturar o espírito do Harlem, a famosa comunidade de Nova York com smartphones . O modelo usado foi o Nokia Lumia 1020 de 41 Megapixels, que chega ao Brasil até o final do ano. O resultado você vê na foto acima e no site The Nokia Photography Room.

Com cinema argentino em alta, curso se torna cada vez mais promissor

Nunca é tarde para começar a pensar no futuro e estudar o que realmente se gosta.  Cursos de graduação que até pouco tempo atrás eram vistos como ‘alternativos’ estão cada vez mais na mira dos estudantes que antes tinham receio de se aventurar em uma dessas carreiras.

Cada vez mais promissor, o mercado do cinema tem crescido e a Argentina tem se destacado e ganhado cada vez mais reconhecimento, inclusive internacional. Aos cinéfilos de plantão, vale destacar os recentes “El Secreto de Sus Ojos” (2009) e “Tesis sobre un homicídio” (2013), duas obras prima.

Segundo Juliana Cunha, diretora de cursos da EducAR, agência de intercâmbios universitários para a Argentina, “O filme tem o poder de criar realidades e possibilidades, funciona como uma janela através da qual você entra em mundos diferentes”.

A agência propõe dois programas aos universitários que desejam se formar na Argentina em Cinema: um pela Universidad de Palermo e outro pela Universidad de Buenos Aires. Sendo que ambos têm como objetivo formar um profissional de áudio-visual integrando todos os elementos que participam do processo de organização e produção de seu discurso. Além disso, a formação se baseia tanto no conhecimento do fato estético como em uma sólida formação técnica que lhe permite aprofundar nos ramos da criação.

“O cineasta é um artista visual, um designer criativo que tem a capacidade de ler um script, além de ser um dos autores do audiovisual com a intuição de criar personagens, dirigir os atores e ter o talento para construir uma original estética artística e sensibilidade para gerar o clima adequado”, finaliza Juliana Cunha, da EducAR.

Chegou o Vale-Cultura de R$ 50. Terá prioridade o trabalhador que ganha até R$ 3.390 por mês

O cartão magnético pré-pago, válido em todo território nacional, no valor de 50 reais mensais, vai possibilitar ao trabalhador de carteira assinada ir ao teatro, cinema, museus, espetáculos, shows, circo ou mesmo comprar ou alugar CDs, DVDs, livros, revistas e jornais. E para aqueles que quiserem comprar um instrumento musical ou mesmo fazer um programa cultural com um custo mais elevado, uma boa notícia: o crédito é acumulativo e não tem validade. É só poupar por alguns meses e adquirir o bem cultural que desejar. O Vale também pode ser usado para fazer cursos de artes, audiovisual, dança, circo, fotografia, música, literatura ou teatro.

O benefício oferecido pelo governo exige a adesão das empresas. São elas que vão oferecer o Vale-Cultura aos seus empregados. E para estimular essa adesão, o Governo Federal vai permitir que a empresa de lucro real abata a despesa no imposto de renda em até 1% do imposto devido. As baseadas no lucro presumido ou Simples também podem participar. O governo abriu mão dos impostos trabalhistas e não vai cobrar encargos sociais sobre o valor do Vale, uma vez que não se caracteriza salário.
Com o intuito de que o benefício chegue em primeira mão aos trabalhadores de baixa e média renda, a regra é clara: as empresas têm de oferecer o Vale-Cultura prioritariamente aos trabalhadores que recebem até 5 salários mínimos. Mas se a empresa quiser também pode oferecer o benefício para todo o quadro de funcionários, sempre respeitando a exigência de ofertar o benefício primeiramente ao trabalhador com menor salário.

O desconto na remuneração do trabalhador com até 5 salários mínimos varia de R$2 a R$5. Quem ganha até 1 salário paga R$1. Acima de 1 e até 2 salários, o desconto é de R$2. Acima de 2 até 3, R$3. Acima de 3 até 4, R$4. Acima de 4 até 5, R$5. Para os empregados que ganham acima dessa faixa, o desconto varia de 20% a 90% do valor do benefício, ou seja, pode chegar a R$45. Vale lembrar que fica a critério do empregado a participação no programa desde que a empregador tenha feito a adesão.

O potencial do Vale-Cultura na cadeia produtiva do setor cultural é de R$25 bilhões. A expectativa é de que com esse movimento econômico, a cultura no país cresça e se espalhe a cada dia em cada pontinho do país. Nas grandes e pequenas cidades. Desde a produção até a venda de produtos culturais.

A partir do dia 7 de outubro, as empresas que desejam oferecer o benefício aos seus funcionários já podem se habilitar no sistema de credenciamento que estará disponível no site do Ministério da Cultura. Neste momento, a empresa deverá indicar a operadora com que quer trabalhar.

São as operadoras que vão produzir e distribuir os cartões. São elas também que habilitarão os estabelecimentos que quiserem aceitar o Vale-Cultura. A taxa de administração cobrada pela operadora dos comerciantes varia de 0 a 6%.

O credenciamento das operadoras já pode ser solicitado ao MinC. O requerimento com as informações e documentos solicitados na instrução normativa deve ser enviado ao Ministério da Cultura/Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura no endereço: Esplanada dos Ministérios, Bloco “B”, 1º andar – CEP 70068-900 Brasília/DF

Festival Curta Brasília recebe inscrições de filmes até este sábado (31/08)

A segunda edição do Festival Curta Brasília está recebendo inscrições de curtas-metragens até este sábado, 31/08.

A capital federal receberá o Festival Curta Brasília entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro no Cine Brasília. Além de a programação contar com a mostra competitiva local e nacional, acontecerão oficinas, debates, mostras paralelas nacionais e internacionais, dentre outras atividades. Um dos destaques para esta edição é a parceria com a Embaixada da França, que promoverá uma mostra de curtas franceses.

O Festival contará com vários prêmios, entre eles o Brazucah e o CINE B. No total serão dez (10) premiações. Para inscrever seu filme e concorrer a um deles, você deve acessar o site oficial: www.curtabrasilia.com.br

O Festival pretende trazer a pluralidade e a diversidade presentes nos curtas-metragens mostrando, dessa forma, o grande panorama do que está sendo pensado, produzido e registrado por meio do olhar dos cineastas da capital do Brasil e de todo o país. A realização do Festival Curta Brasília é da Sétima Produções Culturais, que também fez a produção local de mais de 20 mostras de cinema – como o CINEfoot – Festival de Cinema de Futebol, Mostra Ingmar Bergman, Mostra El Deseo: O Cinema de Almodóvar, Mostra Direitos Humanos na América do Sul, entre outras. Site: www.setimacinema.com.br.

Ancine: Concurso com 69 vagas e salários que superam os R$ 10 mil

O concurso público visa o preenchimento de 41 vagas de Especialista em Regulação e Fiscalização da Atividade Cinematográfica e Audiovisual e 28 vagas de Analista Administrativo. As inscrições estarão abertas do dia 2 ao dia 23 de setembro no site do CESPE/Unb – Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília. A taxa é de R$ 95 para os cargos de analista e de R$ 105 para os cargos de especialista. A data prevista para a aplicação das provas é o dia 3 de novembro.

A remuneração inicial para o cargo de Especialista é de R$ 10.019,20 e, para o cargo de Analista, R$ 9.263,20. Os Especialistas atuarão em atividades referentes ao planejamento, execução e avaliação das políticas cinematográficas e audiovisuais a cargo da ANCINE. Os Analistas, por sua vez, desempenharão as atividades administrativas e logísticas necessárias ao bom funcionamento da Agência.

O processo seletivo consistirá de provas objetivas e discursivas, além de avaliação de títulos, para ambos os cargos. Os candidatos aos cargos de Especialista ainda precisarão passar por um curso de formação. Tanto o cargo de Analista Administrativo quanto o de Especialista em Regulação foram divididos em três áreas com diferentes atribuições, requisitos e conteúdos programáticos. Todas as vagas se destinam ao Escritório Sede da ANCINE no Rio de Janeiro.

Informações

Dúvidas sobre o edital e a prova devem ser encaminhadas à Central de Atendimento do CESPE/UnB, localizada na Universidade de Brasília (UnB) – Campus Universitário Darcy Ribeiro, Sede do CESPE/UnB – Asa Norte, Brasília/DF, por meio do telefone (61) 3448-0100, ou via Internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/ancine_13. Não serão dadas por telefone informações a respeito de datas, locais e horários de realização das provas.

Acordo entre Eletrosul e Telebrás pode melhorar internet em Porto Velho

Nesta quinta-feira (15), a Eletrosul e a Telebras assinaram no Ministério das Comunicações, em Brasília, acordo técnico-operacional e comercial para expansão de infraestrutura de telecomunicações e acelerar a implantação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) nos estados do Sul e no Mato Grosso do Sul, cujas redes também atenderão a Copa do Mundo de 2014. 

Pelo acordo, a Eletrosul entrará com sua infraestrutura de telecomunicações e sua experiência em manutenção e operação de sistemas de telecomunicações, enquanto a Telebras exercerá seu conhecimento na comercialização dos serviços e no relacionamento com os diversos agentes do mercado. A parceria vai aumentar para 400 gigabits por segundo (Gbps) a capacidade do sistema de comunicação óptica de alta velocidade (DWDM) da Eletrosul, que atualmente possui 80 Gbps.

A rede própria da Eletrosul – backbone – a ser contemplada pelo acordo vai utilizar o sistema DWDM implantado em fibra óptica nos cabos OPGW (para-raios nas linhas de transmissão), ADSS (cabo óptico auto-sustentado) e dielétricos ao longo de 4,5 mil quilômetros, distribuídos por Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, no município de Porto Velho, em Rondônia, e em algumas regiões de São Paulo.
A capilaridade de fibra óptica da Eletrosul, que atende a telecomunicação de suas unidades operacionais, atinge 10,2 mil quilômetros. Desse total, 3,5 mil quilômetros integram seu backbone, e outros 6,7 mil quilômetros correspondem a contratos de compartilhamento de fibras (swap) com outras empresas.

Inscrições abertas para 5ª edição do Revelando os Brasis

Foto: Divulgação / “As voltas do mundo”

Se você tem mais de 18 anos e mora em uma cidade com até 20 mil habitantes, que tal criar uma história e transformá-la em vídeo? Estão abertas as inscrições para o Concurso Nacional de Histórias do Revelando os Brasis – Ano V. Os selecionados participarão de uma oficina audiovisual no Rio de Janeiro e, em seguida, voltarão aos municípios de origem para gravar os vídeos.

O regulamento e a ficha de inscrição estarão disponíveis nos sites www.revelandoosbrasis.com.brwww.cultura.gov.br e nas secretarias de educação e de cultura das prefeituras dos municípios com até 20 mil habitantes. Mais informações pelo telefone (27) 3327-6999 ou através do e-mail revelando@imazul.org

Criado em 2004, o Revelando os Brasis tem por objetivo geral promover inclusão e formação audiovisuais através do estímulo à produção de vídeos digitais. O projeto é uma realização do Instituto Marlin Azul e conta com o patrocínio da Petrobras.

De acordo com levantamento divulgado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 5.568 municípios; desses, 3.919 têm até 20 mil habitantes. Consulte o  www.revelandoosbrasis.com.br para saber se o seu município pode participar.

Podem ser inscritas histórias verdadeiras (baseadas em fatos históricos, personagens, tradições populares, etc) ou inventadas. Os autores selecionados participarão de oficinas preparatórias de Roteiro, Direção, Produção, Direção de Arte, Fotografia, Som, Edição, Mobilização Comunitária e Direitos Autorais, no Rio de Janeiro, com todas as despesas pagas pelo projeto. Na etapa seguinte, os diretores contarão com o apoio da estrutura de produção oferecida pelo Revelando os Brasis para gravar os vídeos com até 15 minutos nos pequenos municípios.

Nas quatro primeiras edições do projeto foram produzidas 160 obras, entre ficções e documentários. Os vídeos são lançados em DVD com distribuição gratuita entre organizações sociais e culturais, bibliotecas, universidades e cineclubes de todo o Brasil, além disso, participam de festivais e mostras audiovisuais de âmbito local e nacional.

Caso Telexfree : Câmara Criminal do TJ/AC nega Habeas Corpus e derruba liminar que suspendia inquérito policial

Na sessão desta quinta-feira (01) a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre denegou o Habeas Corpus e, consequentemente derrubou a liminar que suspendia as investigações criminais relacionadas à empresa Ympactus Comercial Ltda (Telexfree).

A liminar, concedida pelo desembargador Francisco Djalma, suspendia as investigações policiais. Com a nova decisão as investigações continuam e alguns divulgadores poderão ser convocados para prestar informações.

Na votação, o relator reafirmou seu voto. Já no entendimento dos desembargadores Eva Evangelista e Samoel Evangelista as investigações devem ser realizadas, a exemplo do que ocorre no Estado do Espírito Santo. Eles entendem que nada impede que outro inquérito seja promovido no Acre, tendo em vista que a apuração realizada pela polícia judiciária local tem finalidade diversa, ou seja, também quanto a divulgadores locais, afastando a existência de “Bis in idem” (estabelece que ninguém pode ser julgado duas vezes pelo mesmo fato/crime.)

O Ministério Público, representado pelo procurador de justiça, Cosmo de Souza, opinou pela denegação do Habeas Corpus.

Assim, por dois votos a um o Habeas Corpus foi denegado e a liminar derrubada.

Doenças respiratórias matam cada vez mais no Brasil

Em 10 anos o número de mortes provocadas por doenças respiratórias como bronquite, enfisema e asma, registrou um crescimento de 20% em todo o país. De acordo com levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde, foram 40.608 casos em 2010, ante 33.713 casos em 2000. A falta de acesso a medicamentos para combate e controle dessas doenças, que têm características específicas e distintas, pode ser um dos fatores para o aumento do número de óbitos.

“Muitos não seguem corretamente o tratamento medicamentoso prescrito pelo médico porque, infelizmente, não têm dinheiro suficiente para isso”, diz Rodrigo Bacellar, diretor da PBMA – Associação Brasileira das Empresas Operadoras de PBM (Programa de Benefício em Medicamentos). “É urgente que se criem as mínimas condições para que a população possa se tratar, cuidar da própria saúde. É um dever do Estado e um direito do cidadão”, completa.

Mas uma pesquisa realizada pela Fecomercio na região metropolitana de São Paulo, com base no Índice de Preços e Serviços (IPS) e no Índice de Preços do Varejo (IPV), apontou que no mês de maio os gastos com produtos e serviços ligados à saúde e cuidados pessoais pesaram ainda mais no bolso das famílias. No final do ano passado, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) também divulgou que os gastos com medicamentos estão entre os maiores dos brasileiros.

Na opinião de Bacellar, com investimentos públicos insuficientes nessa área, a iniciativa privada ganha extrema importância e deveria ser estimulada pelo governo, indicando o PBM como uma importante opção para a solução desse problema no país. As empresas que adotam o PBM oferecem a seus funcionários subsídios para a compra de medicamentos. Alguns remédios podem ser até 100% subsidiados, embora a média praticada pelas empresas brasileiras seja da ordem de 50%.

“Com esse benefício, o poder de compra das pessoas aumenta, permitindo que muitos tenham as condições necessárias para seguir corretamente o tratamento. No caso de doenças respiratórias, o uso contínuo de medicamentos é fundamental para controlar a doença”, diz Bacellar. No Brasil, funcionários de grandes empresas como Oi, Unilever, IBM, Nestlé e Petrobras, já recebem o subsídio do empregador para a compra de remédios. No geral, em todo o país, são mais de 2,5 milhões beneficiários

Em janeiro de 2013, Joaquim Barbosa negava prisão do deputado Natan Donadon, condenado pelo STF em 2010

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, negou nesta sexta-feira (11/01/2013) o pedido de prisão imediata do deputado federal Natan Donadon (PMDB-RO), condenado pela corte em 2010 a 13 anos, 4 meses e 10 dias de prisão pelos crimes de peculato (crime praticado por funcionário público contra a administração) e formação de quadrilha.

O que mudou de lá prá cá ?  O que fez o PMDB à época ? Fernando Collor teria alguma ligação com o caso ? Por quê o STF não cassa Donadon ?

Leia Matéria completa no G1

Post original em 11/01/2013

A hora é agora : Dilma propõe Constituinte exclusiva para reforma política

Na abertura da reunião com governadores e prefeitos, a presidenta Dilma Rousseff disse que vai propor a convocação de um plebiscito que autorize uma Constituinte para fazer a reforma política.

“O Brasil está maduro para avançar e já deixou claro que não quer ficar parado onde está”, disse a presidenta.

Dilma Rousseff propôs ainda uma nova legislação que considere a “corrupção dolosa [quando há intenção] como crime hediondo”, com penas mais severas. A presidenta pediu ainda agilização na implantação da Lei de Acesso à Informação.

A presidenta defendeu ainda pacto de responsabilidade fiscal, com o objetivo de manter a estabilidade da economia e o controle da inflação.

“É muito bom que o povo esteja dizendo tudo isso em alto e bom som. Cabe a cada um de nós – presidenta, ministros, governadores, governadoras, prefeitas e prefeitos – cumprir essa nova e decisiva dimensão da vontade popular. Nós todos sabemos onde estão os problemas. Nós todos sabemos que podemos construir soluções, mas também sabemos das incontáveis dificuldades para resolvê-las”, disse.

“Junto com a população, podemos resolver grandes problemas. Não há por que ficarmos inertes, acomodados ou divididos”, acrescentou. Ela disse ainda que “país deixou de ser governado para um terço da população”.

via Agência Brasil

Eletrobrás aprova PDV : adesão vai de 10 de junho a 10 de julho

O Conselho de Administração da Eletrobrás aprovou o Plano de Incentivo ao Desligamento (PID), que deve envolver cerca de 5.000 colaboradores da empresa.

A Eletrobrás também deve contratar uma consultoria para assessorar a alienação (venda) de algumas distribuidoras deficitárias, entre elas a antiga Ceron.

A adesão ao PID começa no dia 10 de junho e se prolonga por 30 dias, até 10 de julho de 2013.

Leia também > Eletrobrás vai gastar R$ 2 bi com PDV

15º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte abre inscrições

Clique na imagem para ver o edital completo

Estão abertas as inscrições para o 15º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. Os filmes selecionados pelo edital serão exibidos no evento, que objetiva a difusão e produção de curtas-metragens, bem como promover a reflexão sobre as obras apresentadas e incentivar o intercâmbio entre a produção brasileira e internacional. As inscrições podem ser feitas até o dia 07 de junho de 2003. Podem se inscrever curtas-metragens finalizados em 2012 e 2013, com duração de até 40 minutos, finalizados em película 35mm, 16mm ou em qualquer formato digital. São aceitas produções de todos os gêneros, exceto filmes publicitários ou institucionais.O 15º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte acontece de 20 a 29 de setembro deste ano, no Cine Humberto Mauro e na Sala Juvenal Dias (Palácio das Artes).  A programação será composta por mostras competitivas e programas especiais. O Festival prevê a concessão de prêmios pelo júri oficial e pelo júri popular. A inscrição é gratuita e pode ser realizada pelo site shortfilmdepot.com a partir do dia 25 de março. Em 2012, a seleção se deu entre mais de 2300 curtas inscritos, vindos de 86 países. Foram exibidos mais de 170 filmes distribuídos pelas mostras que compuseram a programação do 14º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte.

Confira o Edital

Antigo avião ‘Força Aérea Um’ vai a leilão por R$ 100 mil (via ScudNews)

Avião serviu por 30 anos como aeronave do presidente dos EUA e outras figuras politicas (Foto: Reprodução/GSA Auctions)

Avião serviu por 30 anos como aeronave do presidente dos EUA e outras figuras politicas (Foto: Reprodução/GSA Auctions)

O site oficial de leilões do governos dos EUA anunciou a venda de um avião presidencial aposentado, que serviu como “Força Aérea Um” (código de controle aéreo utilizado para identificar a aeronave que transporta o presidente norte-americano) por mais de 30 anos no país, e que tem como preço inicial R$ 100 mil (veja o anúncio).

Veja mais via ScudNews

Nova F 800 GS Adventure é lançada pela BMW Motorrad

É uma bela big trail ! A moto tá muito linda, pesa “só” 230 kg e com o tanque maior (24 litros) ficou perfeita neste quesito. Pode rodar cerca de 550 quilômetros com o conhecido propulsor bicilindrico de 798 cm³ . São 85 hp e seis marchas. Quase um Fiat Uno ! Vamos ver se melhora o conforto dos bancos , que quase sempre é muito ruim. Agora, também  veremos a paulada do preço quando ela chegar por estas bandas  e se melhora o pós venda no Brasil da marca, que é muito criticada pelos estradeiros. E creio que quem tem a “velha” F 800 vai ficar chupando o dedo !

Eletrobras vai gastar R$ 2 bi com PDV

O diretor de Admistração da Eletrobras, Miguel Colasuonno, informou que a empresa gastará em torno de R$ 2 bilhões com o Programa de Demissão Voluntária (PDV).  O programa deve atingir cerca de 20% a 25% do total de 28 mil empregados.mas só a partir do mês de maio, a empresa poderá ter uma noção mais concreta de quantos funcionários irão aderir ao programa.

“Será um processo muito cuidadoso porque vamos também ganhar pessoas novas para que entrem em algumas posições”, disse Colasuonno.

O diretor Distribuição da Eletrobras, Marcos Aurélio Madureira, disse que a aquisição por parte da estatal de 51 % das distribuidoras do Amapá (CEA) e de Roraima (CERR) não deve ser finalizado em 2013. Segundo ele, o processo de compra será semelhante ao da Celg (GO).

A Caixa Econômica Federal também deverá emprestar recursos aos governos do Amapá e de Roraima para sanear as companhias antes da estatal entrar nas distribuidoras.

Pesquisa sobre malária tem vagas para doutorado e pós-doutorado

O Projeto Temático “Genômica Funcional em Plasmodium”, conduzido no Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP), tem vagas para doutorado e pós-doutorado.

Apoiado pela FAPESP, o projeto é coordenado pela professora Célia Regina da Silva Garcia, do Departamento de Fisiologia do IB-USP. O Temático visa desvendar mecanismos moleculares envolvidos em diversos processos celulares da biologia de parasitas de malária e sua relação com o hospedeiro para obtenção de suporte para o desenvolvimento de novos antimaláricos.

“O projeto tem como objetivo entender como o parasita utiliza receptores do tipo GPCR para sinalização celular e como fatores de transcrição e a via ubiquitina-proteossoma são modulados. Para tanto, utilizamos técnicas de microscopia confocal, biologia molecular e bioquímica. Nossas pesquisas também incluem screening de moléculas como potenciais novos antimaláricos”, disse Garcia.

Segundo pesquisadores, a elucidação dos mecanismos de controle do ciclo celular do Plasmodium, agente etiológico da malária, é de fundamental importância para o desenvolvimento de novas estratégias para o combate à doença.

“A malária afeta 250 milhões de pessoas anualmente e mais de 1 milhão de mortes são associadas à infecção por Plasmodium falciparum. O aumento da incidência da infecção e a resistência a medicamentos torna uma questão de urgência o desenvolvimento de novas drogas antimaláricas”, disse Garcia.

As vias de sinalização celular na relação patógeno-hospedeiro são pouco conhecidas. Utilizando uma abordagem de genômica funcional, o grupo do IB-USP identificou receptores do tipo GPCR no genoma do parasita.

Os interessados em se candidatar ao processo de seleção de bolsistas devem ter experiência em biologia molecular e/ou bioquímica. Currículos atualizados devem ser enviados para cgarcia@usp.br.

Tristeza profunda e traumas podem levar à paralisação de uma ponta do coração

Receber uma notícia ruim inesperada ou ficar deprimido após uma perda abrupta são situações de estresse intenso que causam dor no coração, metáfora que ilustra com perfeição o problema, a chamada “síndrome do coração partido”. Cientificamente conhecida como cardiomiopatia de Takotsubo, ela acomete nove mulheres para cada homem, principalmente as que estão no período pós-menopausa.

“Ao sofrer uma situação inesperada de estresse intenso, por uma perda ou briga, ocorre uma descarga de hormônios estimulantes, como a adrenalina, dificultando o funcionamento do coração, fazendo com que a pessoa sofra um leve infarto”, explica o Dr. Wing Carvalho Lima, cardiologista do Hospital do Coração do Brasil.

Fortes emoções podem fazer com que o corpo sofra uma descarga de adrenalina, que atrapalha o bom funcionamento do coração após um estresse extremo. O coração não está preparado para receber esta alta quantidade de hormônios, o organismo reconhece esse efeito como uma intoxicação, causando o infarto. Falta de ar, cansaço e dor no peito são os principais sintomas, pois as artérias do coração ficam obstruídas dificultando o bombeamento e a passagem do sangue. Felizmente, os infartos causados são leves, uma vez que as artérias não estão entupidas, facilitando a rápida recuperação.

Não existem fórmulas prontas para se prevenir. O perfil psicológico do paciente que não consegue lidar com as adversidades da vida é o principal fator para torná-lo mais predisposto a desenvolver a síndrome. “Pessoas explosivas, que lidam com o estresse de maneira intensa, mulheres mais idosas e que já estão na menopausa têm maior predisposição”, afirma o especialista. O diagnóstico é feito pela avaliação médica dos sintomas apresentados e os exames de ecocardiograma e cateterismo avaliam o estado físico do coração.

Pessoas que praticam atividades físicas diminuem as chances de sofrer esta síndrome, pois, o corpo está acostumado com uma quantidade maior de hormônios estimulantes liberados durante os exercícios. O tratamento é realizado à base de medicações. Portanto, caso haja incidência grave, o paciente é mantido sob observação médica até que as taxas de hormônios do corpo se normalizem. Encarar os problemas com mais leveza é a melhor forma de manter o coração saudável e feliz. “O acompanhamento psicológico é indicado para que o paciente aprenda a lidar com situações de estresse com mais tranquilidade e que novos casos desta síndrome possam ser controladas”, conclui Wing.

Perdidos na tradução: o livro que faltava no mercado

 

foto: Lu Rezende

foto: Lu Rezende

Filmes são um “Amor além da vida” para os brasileiros e qualquer outra pessoa do mundo. Eles mexem com o imaginário e fazem as pessoas ficarem “À espera de um milagre” e “Em busca do vale encantado” depois de vê-los, como se existisse mesmo uma “Cidade dos sonhos” em “Um lugar chamado Nothing Hill” ou outro qualquer. Mas existe uma “Alta Tensão” entre os títulos originais de filmes estrangeiros e suas traduções.
É neste tom que o tradutor Iuri Abreu traz para o país uma obra inovadora, que analisa quase 300 filmes estrangeiros e suas traduções no Brasil e em Portugal. Quem nunca pensou qual a razão para subtítulos tão engraçados quanto desnecessários como “Debi & Loide – Dois idiotas em apuros”, “Kung Pow – O mestre da Kung-Fu-São” e “Moulin Rouge – Amor em Vermelho”? O autor explica todas elas em Perdidos na Tradução, um verdadeiro guia publicado pela editora Belas-Letras.

Como diz Iuri – que trocou bits e bytes pelo estudo da linguagem humana –, não é preciso muita intimidade com a língua inglesa para perceber que alguns títulos nacionais de filmes estrangeiros são totalmente infiéis ao original. “Poesia é o que se perde na tradução”, já dizia o poeta norte-americano Robert Frost.

Segundo o autor, tradutor bom é tradutor invisível. Mas no caso de filmes, ele sai em defesa de seus colegas, porque a decisão fica a cargo da distribuidora. “É mais uma questão de encontrar um título adequado ao mercado brasileiro. É mais marketing que tradução”, explica.
Enquanto isso, nós, admiradores da sétima arte, sejamos jornalistas-leitores, podemos aproveitar a criação desta obra para nos divertir e refletir sobre os títulos dos nossos favoritos e dos nossos odiados filmes (sempre existe um!). Além de conhecer novos através das sinopses do autor, e expandir o conhecimento sobre o mercado e os bastidores do mercado cinematográfico.

Perdidos na Tradução tem 283 páginas divididas em cinco capítulos – A Maldição do Subtítulo; Poesia Pura; Liberdade Total; Fieis ao Original e Entregando o Jogo. Filmes famosos como “O Poderoso Chefão”, “E o Vento Levou” e “Rambo – Programado para Matar” são apenas alguns dos casos curiosos no processo de tradução. Além de se divertir com a escrita, quem o ler certamente vai concordar com muitas observações, senão todas, que Abreu aponta.capa-perdidos-na-traducao-ALTA

Ecad é condenado por formação de cartel (via Nilnews)

O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) e seis entidades de defesa dos direitos autorais no País foram condenados por formação de cartel e abuso da posição dominante. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão que fiscaliza a livre concorrência, condenou as entidades por quatro votos a dois.

A prova sobre o acordo de fixação dos preços foi encontrada no próprio site do Ecad: as tabelas de valores cobrados por tipo do usuário. “Também é possível encontrar na página do Escritório na internet os critérios de cálculo e de preço para cobrança de direitos autorais. Comprovaram o ilícito ainda as atas das assembleias gerais realizadas pelo Ecad durante as quais eram discutidas questões relativas à combinação de valores entre as associações”, diz o comunicado do Cade.

Continue Lendo via Nilnews

2013 é o último ano da declaração de imposto de renda simplificada

Este será o último ano em que os contribuintes que declaram o Imposto de Renda pelo modelo simplificado precisarão preencher sua declaração. A partir de 2014, a Receita Federal passará a preenchê-la automaticamente, com base nas informações repassadas pelo empregador. Caberá ao contribuinte apenas acessar a declaração anual no site da Receita e confirmar ou alterar os dados.

Esse modelo de declaração pré-preenchida do IR terá sua aplicação possibilitada no Brasil porque o Fisco tem acesso aos dados cadastrais e a todos os rendimentos dos contribuintes. Ainda não é possível eliminar a declaração de todas as pessoas físicas porque existem algumas informações que necessitam ser prestadas pelo próprio contribuinte, como é o caso das despesas médicas, com educação, filhos ou doações”, explica Glauco Pinheiro da Cruz, consultor e diretor do Grupo Candinho Assessoria Contábil.

O prazo para a entrega das declarações de 2013, ano-calendário 2012, começou na última sexta-feira, dia 1º, e segue até 30 de abril. Os programas de preenchimento e envio estão disponíveis para download no site da Receita. De acordo com informações do órgão federal, dos cerca de 25 milhões de contribuintes brasileiros, mais de 17 milhões optam pelo modelo simplificado de declaração, o equivalente a 70%.

Pelas regras deste ano, estão obrigados a declarar aqueles que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 24.556,65; rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00; que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto; ou realizaram operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas. Quem perder o prazo de entrega será punido em, no mínimo, R$ 165,74, podendo chegar a até 20% do valor do imposto devido.

Migrando sua Conta do MSN para o Skype (via Blog do Pedro Schwan)

Como já é de conhecimento de muitos, a Microsoft anunciou no fim de 2012 a aposentadoria  do Windows Live Messenger (MSN) para o 1º trimestre de 2013. Pois bem, após a aquisição do Skype, a Microsoft percebeu que não era interessante manter no mercado dois comunicadores (concorrentes) e decidiu unificá-los, sendo assim, optou por manter o Skype no mercado e aposentar o MSN.

Você deve estar se perguntando o que irá acontecer com os mais de 100 milhões de usuários do MSN em todo mundo, afinal de contas, muita gente ainda usa o MSN diariamente, seja para fins particulares ou profissionais, mas não se preocupe, pois todos esses usuários serão migrados para o Skype.

A Microsoft anunciou no dia 15/02, que a migração dos usuários Brasileiros será a última a acontecer e está prevista para o fim do mês de Abril.

Segue abaixo um tutorial explicando como realizar a migração de sua conta do Messenger para o Skype.

1) Primeiramente você deve realizar o download do Skype que pode ser realizado através do link  http://www.skype.com/pt-br/download-skype/skype-for-computer/

2) Após a instalação do Skype, abrirá a seguinte tela de login abaixo. Escolha conectar-se com “Conta Microsoft”

Continue Lendo via Blog do Pedro Schwan

Melissa já está em casa : final feliz

Melissa Velanga Moreira, loira, magra, 1,52, 23 anos, estudante do mestrado em Letras da UNIR, filha da Profª. Carmen e do Prof. Dorosnil, que estava desaparecida desde sábado, 23/02, por volta de 10:30 da manhã já está em casa, conforme informação do prof. Mario Venere, amigo da família.
Mais informações em breve.

“Tesão” : Tico Santa Cruz lança livro de poesia erótica pela Belas Letras

Como seriam seus desejos sexuais se virassem poesia? Em meio ao boom do erotismo literário no Brasil, o músico Tico Santa Cruz publica, pela editora Belas Letras, poemas que criou com base em suas fantasias, sensações e relacionamentos. Os versos deixam espaço para agir o eu-lírico de Tico, que se encaixa muito bem na fala de qualquer homem. A obra reúne textos já publicados em seu blog que revelam, além de liberdade sexual, habilidade literária. Em Tesão, Christian Grey não tem vez.
Te peço pra ir ao banheiro e tirar a calcinha.
Pequena, preta, apertadinha!
Você levanta… e, como se fosse uma ordem,
vai e volta com cara de safada.
Pega minha mão e me entrega, toda molhada.
Entre peitos, coxas e mãos, o autor fala para todos os públicos, homens e mulheres, casados ou solteiros. Embora aborde relações que ainda são tabus para a sociedade, como o relacionamento aberto, sexo com desconhecidos ou ainda o famoso ménage à trois – que já foi enredo para filmes brasileiros como “Os Normais”, estrelado por Fernanda Torres e Luis Fernando Guimarães; e estrangeiros, como “Vicky Cristina Barcelona”, do renomado diretor Woody Allen.
Segundo Tico, o grande segredo desse livro é deixar com que os leitores tentem descobrir quais dessas situações realmente aconteceram, quais foram as suas fantasias e quais ele tem o desejo de que se realizem. O músico traz um erotismo coloquial, casual, que pode facilmente confundir-se com os próprios pensamentos do leitor enquanto imagina as situações que se despontam. E melhor: de forma poética.
As belíssimas ilustrações de Tesão, em preto e branco, são de Carlinhos Muller. E o livro traz uma identidade própria do autor, seguindo o mesmo projeto gráfico que Clube da Insônia, seu primeiro livro publicado pela editora.

Sobre o autor:

Tico Santa Cruz nasceu no Rio de Janeiro em 30 de setembro de 1977 sob o signo de libra. Cursou Ciências Sociais na UFRJ, Comunicação e Educação Física, mas não concluiu nenhuma das três faculdades, resolvendo se dedicar integralmente a sua banda, o Detonautas Roque Clube, criada em 1997. Compositor, escritor e poeta, é idealizador do grupo de performance social chamado Voluntários da pátria, que tem como objetivo levar música, poesia e debates sócio-políticos em escolas, universidades públicas e particulares e penitenciárias. Clube da insônia é seu primeiro livro. Tesão terá uma pré-venda online com envio a partir do dia 15 de fevereiro, 10 dias antes da obra chegar às livrarias físicas. O lançamento oficial é no dia 5 de março com sessão de autógrafos às 19h , na Fnac Paulista [Av. Paulista, 901 - Bela Vista - São Paulo] A entrada é franca.

Procuradoria-Geral da República aciona STF contra Lei da Mordaça em Rondônia

A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra um dispositivo legal que impede manifestações de integrantes do Ministério Público em Rondônia, a chamada Lei da Mordaça.

 Assinada pela subprocuradora-geral Deborah Duprat,o objetivo da PGR é derrubar uma emenda à Constituição de Rondônia, aprovada em 2002.  Ela proíbe a manifestação pública de promotores e procuradores locais sobre processos em andamento, além de vedar comentários negativos sobre decisões judiciais. A norma permite a manifestação dos profissionais apenas nos autos do processo, assim como em estudos e obras técnicas.

Embora a lei tenha sido aprovada há mais de uma década, a procuradora pede urgência na apreciação do fato, com a concessão de liminar para derrubar a lei. O relator do caso é o ministro Antonio Dias Toffoli.

“Brasil, Uma História”, de Eduardo Bueno , em versão compacta e atualizada

eduardo-bueno

Ricamente ilustrado, “Brasil , Uma história” do escritor, tradutor, jornalista ,editor e gremista convicto Eduardo Bueno (no Sul conhecido também como “Peninha”) volta às prateleiras em edição compacta da Editora Leya.

São 480 páginas que contam 5 séculos de história do Brasil, inicialmente publicada, em fascículos colecionáveis nos jornais Folha de São Paulo, Zero Hora e Extra e que retorna agora atualizada incluindo os últimos acontecimentos do país, desde a posse de Dilma Rousseff à punição dos réus do Mensalão.

Se você é um dos muitos brasileiros que não pretende continuar revivendo a mesma História dos últimos cinco séculos, este é o livro que vai lhe ajudar a se sentir mais preparado para tentar mudar o Brasil e, quem sabe, escrever uma nova História.

Bueno  acredita que a História não pode e não deve ser aprisionada dento das salas de aula, como se fosse apenas mera disciplina escolar.
A História pulsa e está viva dentro e fora dos colégios, nas esquinas das ruas, nas praças, nas prisões, no shoppings e na favelas, nos estádios de futebol e nas estradas, nos condomínios fechados e nas veias abertas das nações que ainda sangram.

O escritor foi capaz de transformar o período colonial brasileiro em assunto de rodas de bar, conversas de família, programas de TV e revistas especializadas.

Com a coleção Terra Brasilis, cujos quatro primeiros volumes (“A Viagem do Descobrimento, Náufragos, traficantes e degredados, Capitães do Brasil e A Coroa, a cruz e a espada) venderam mais de meio milhão de exemplares, Bueno se tornou o primeiro autor brasileiro a possuir simultaneamente quatro livros no topo das listas de livros mais vendidos.

Recentemente, apresentou, com Pedro Bial, o quadro “É muita história”, levado ao ar pelo programa”Fantástico”, da TV Globo.  Atualmente é apresentador do The History Channel.

Muita gente tá precisando comprar e LER este livro !

Touché !

Novas regras para motoboys e mototaxistas circularem já estão valendo

foto Marcelo Camargo/ABr

foto Marcelo Camargo/ABr

As normas previstas em lei de 2009 incluem a obrigatoriedade de um curso de capacitação para os profissionais e do uso de equipamentos de segurança, como colete com faixas reflexivas, antena corta-pipa e protetor de motor que protege as pernas do condutor em caso de tombamento.

Os motoboys querem que o MTE elabore uma norma técnica reconhecendo como equipamentos de proteção individual (EPI) os itens exigidos na resolução do Contran.

A medida,  transfere para as empresas a responsabilidade de adquirir os equipamentos.

O custo estimado dos equipamentos e do curso, de acordo com a categoria, fica em torno de R$ 1,2 mil.

O curso, ministrado por órgãos que sejam autorizados pelo Detran, tem 50 horas-aula, sendo 5 horas práticas e é obrigatório para quem faz entregas ou transporta passageiros em moto  . A decisão é de ser pago ou gratuito é dos estados e municípios.

O Contran informou não haverá prorrogação do prazo para a fiscalização das novas regras.

Se as exigências forem descumpridas, os motoboys estão sujeitos às penas previstas no Código de Trânsito Brasileiro, como multa e apreensão do veículo. Sem o curso e os equipamentos de segurança, esses profissionais cometerão, segundo a lei, infração grave (5 pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 127,69).

Veja aqui em PDF a Cartilha que o Sindimotos oferece para os profissionais.

Com Agência Brasil

PRF proíbe carretas em BR´s de pista simples durante feriados nacionais

foto:CNT

A Polícia Rodoviária Federal  publicou nesta sexta-feira (1º) no Diário Oficial da União a Portaria nº 1, que estabelece a proibição da circulação de caminhões grandes nas rodovias federais com o objetivo de reduzir os acidentes nos períodos de pico nas estradas.

A proibição acontece nas rodovias de pista simples, sempre nos horários de maior movimento e abrangem veículos do tipo bitrem e cegonhas. A medida é tomada devido ao aumento do fluxo de veículos, principalmente dos de passeio, durante as datas comemorativas.De acordo com a portaria nº 44, de 12 de dezembro de 2011, fica proibido o trânsito, nas datas específicas, de veículos com medidas acima de 18,6m de comprimento, 2,6m de largura e 4,4m de altura.

Restrição de trânsito em todas as unidades da Federação
OPERAÇÃO DIA DA RESTRIÇÃO HORÁRIO DA RESTRIÇÃO
Carnaval 08/02/2013 (sexta-feira) 16:00 às 24:00
09/02/2013 (sábado) 06:00 às 12:00
12/02/2013 (terça-feira) 16:00 às 24:00
13/02/2013 (quarta-feira) 06:00 às 12:00
Semana Santa 28/03/2013 (quinta-feira) 16:00 às 24:00
29/03/2013 (sexta-feira) 06:00 às 12:00
31/03/2013 (domingo) 16:00 às 24:00
Corpus Christi 29/05/2013 (quarta-feira) 16:00 às 22:00
02/06/2013 (domingo) 16:00 às 24:00
Proclamação da República 14/11/2013 (quinta-feira) 16:00 às 24:00
15/11/2013 (sexta-feira) 06:00 às 12:00
17/11/2013 (domingo) 16:00 às 24:00
Fim de ano 24/12/2013 (terça-feira) 12:00 às 22:00
25/12/2013 (quarta-feira) 16:00 às 24:00
31/12/2013 (terça-feira) 12:00 às 22:00
01/01/2014 (quarta-feira) 16:00 às 24:00

 

Combatendo o efeito e não a causa, projeto obriga instalação de proteção contra cerol em motos

A Câmara analisa o Projeto de Lei 4595/12 , do deputado Onofre Santo Agostini (PSD-SC), que muda o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) para obrigar a instalação nas motocicletas de dispositivo protetor contra linhas. O objetivo, segundo o deputado, é evitar acidentes envolvendo motocicletas e linhas de pipa com cerol. Pela proposta, a regra será obrigatória a partir de um ano depois da regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A obrigatoriedade valerá também para motonetas de uso de transporte de carga ou de passageiros (mototáxi), A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Leia também :
Motociclistas em risco: “Linha Chilena” 5 x mais cortante vira febre entre soltadores de pipa de Porto Velho

Tudo sobre a tragédia da Boate Kiss, em Santa Maria. Morre 242ª vítima

Morre 242ª vítima. 

Morreu na madrugada deste domingo (19/05/2013), em Porto Alegre, a vítima de número 242 do incêndio que atingiu a boate Kiss, em Santa Maria, Região Central do Rio Grande do Sul, em 27 de janeiro deste ano. Mariane Wallau, de 25 anos, estava internada no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e era natural de Santiago. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde pela manhã.

Driele Pedroso Lucas, de 23 anos, estava internada no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, e teve a morte confirmada às 6h45 desta quinta-feira (7/3). A vítima era a última paciente que ainda estava em ventilação mecânica após o dia da tragédia.

Morre 240ª vítima . Morreu na manhã deste sábado (2/3/2013) mais uma vítima da tragédia na boate Kiss, em Santa Maria (RS). Pedro Falcão Pinheiro, 25, estava internado desde 27 de janeiro, o dia do incêndio, no Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre.

A 238ª vítima é um rapaz de 20 anos. A família pediu para que seu nome não fosse divulgado.

Bruno Portella Fricks, que estava internado na UTI do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, foi a 237ª vítima da Kiss na noite do sábado(2/2). Bruno era formado em administração de empresas pela UFSM. . Sua namorada, Jéssica Duarte,que estava junto com ele na festa  está internada em Porto Alegre.

O jovem Matheus Rafael Raschen foi a 236ª vítima da tragédia.Matheus, jogador de basquete de Santa Cruz do Sul,faleceu na noite desta quinta-feira (31/1), no Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre.

Uma webcam transmite ao vivo a movimentação em frente ao prédio da Boate Kiss. Clique no link

atendimento

Segundo o jornal “O Dia” do Rio de Janeiro, na sua edição eletrônica de terça-feira(29) ” a polícia de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, afirmou que um dos sócios da boate Kiss, que que está internado num hospital sob custódia policial tentou o suicídio na tarde desta terça-feira. Segundo a delegada Lylian Carús, Elissandro Spohr  tentou se enforcar com a mangueira do chuveiro. O policial que fica de plantão no quarto hospitalar do empresário, que teve prisão temporária decretada por cinco dias, percebeu a intenção e o impediu. Elissandro foi algemado na cama para evitar novas tentativas. A prisão temporária do empresário acaba nesta sexta-feira, dia 1º de fevereiro”.

Confira aqui  a lista completa dos internados no Estado

A festa que acontecia na boate Kiss, em Santa Maria, Região Central do Rio Grande do Sul, na hora do incêndio que deixou pelo menos  238 mortos,  (124 homens e 114 mulheres) reunia jovens universitários da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

O vice-reitor da UFSM, Dalvan José Reinert, disse que  a maioria dos jovens mortos eram dos semestres iniciais.  Segundo nota distribuida pela assessoria da UFSM,  pelo menos 101 mortos eram acadêmicos da Universidade Federal. CNN , Los Angeles Times, BBC , New York Post , Daily Mirror , El Pais e El Clarin foram alguns dos mais importantes jornais do mundo que deram destaque à tragédia brasileira. O Papa Bento XVI enviou uma mensagem de solidariedade ao Arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert, da Arquediocese de Santa Maria : “Consternado pela trágica morte de centenas de jovens em um incêndio em Santa Maria, o Santo Padre pede à Vossa Excelência que transmita às famílias das vítimas suas condolências e sua participação na dor de todos enlutados. Ao mesmo tempo que se confia a Deus Pai de misericórdia aos falecidos, o Santo Padre pede ao céu o conforto e o restabelecimento para os feridos, coragem e consolação da esperança cristã para todos atingidos pela tragédia e envia, a quantos estão em sofrimento e ao mesmo tempo procuram remediá-lo, uma propiciadora Bênção Apostólica.” agromerados A festa chamada “Agromerados” era organizada por estudantes dos cursos de Agronomia, Medicina Veterinária, Pedagogia, Zootecnia, Técnico em agronegócio e Técnico em alimentos, tinha classificação etária de 18 anos e o ingresso custava R$ 15. No banner de apresentação do evento, as atrações confirmadas eram as bandas “Gurizada Fandangueira“, “Pimenta e seus Comparsas” e os DJs Bolinha, Sandro Cidade e Juliano Paim. Santa Maria é conhecida por ser uma cidade universitária, pela excelência dos seus cursos, em especial os da UFSM. Só a Federal tem cerca de 28.000 acadêmicos.Outros centros de ensino superior de Santa Maria são a Faculdade Integrada de Santa Maria (Fisma), Faculdade Metodista de Santa Maria (Fames), a Universidade Luterana do Brasil e a Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma). Se estima em cerca de 50.000 o número de universitários na cidade que tem aproximadamente 270 mil habitantes. Por volta das 14h deste domingo, a presidenta da República Dilma Rousseff chegou ao ginásio municipal de Santa Maria para onde foram encaminhados os corpos das vítimas. Dilma conversou com familiares das vítimas e, visivelmente emocionada, preferiu não conversar com a imprensa. Antes de chegar ao ginásio, ela também passou no Hospital Caridade, onde estão sendo atendidos parte dos feridos. A presidenta estava acompanhada da ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário; do ministro da Educação, Aloizio Mercadante; do presidente da Câmara, deputado federal Marco Maia; e do governador do Estado, Tarso GenroPor volta das 15h, Dilma tomou o avião para retonar a Brasília.

A Presidenta Dilma Roussef cancelou a agenda no Chile e foi pessoalmente se solidarizar com os familiares das vítimas  foto:Roberto Stuckert Filho

A Presidenta Dilma Roussef cancelou a agenda no Chile e foi pessoalmente se solidarizar com os familiares das vítimas  em Santa Maria foto: Roberto Stuckert Filho/PR

“Em apenas dez anos a Gurizada Fandangueira consolidou-se no mercado da música gaúcha e prepara-se para crescer ainda mais. O crescimento não se deu por acaso, disciplina, determinação, paixão pelo trabalho, amor pela música e conhecimento são os pilares que a sustentam desde sua criação. A parceria, a amizade, o respeito e o tratamento familiar entre músicos e colaboradores fizeram com que a gurizada nunca interrompesse seu trabalho, graças a isso se mantém até os dias atuais. Da cidade de Santa Maria, a banda conta com uma formação sólida e próximo de completar 10 anos de carreira, neste ano a banda inova com seu mais recente CD, intitulado O SOM QUE O POVO GOSTA. Procurando atingir aos mais variados públicos, seguindo uma linha que vem dando certo a cada novo disco. Com a grande experiência comprovada em bailes e shows, demonstra além de todo seu talento, muita inovação em estrutura, efeitos visuais e pirotécnicos, os quais fazem toda a diferença na identidade exclusiva da banda. Pretende-se com este novo disco alcançar vôos ainda mais altos dedicando-se a um trabalho de nível nacional. Além do ‘SOM QUE O POVO GOSTA’ o CD traz outros grande sucessos, que atingem o estilo mais tradicionalistas com a música ‘BOTA DE A PÁ’, e o público do sertanejo universitário, com ‘LARGA TUDO e CORAÇÃOZINHO’.” No perfil da Banda Gurizada Fandangueira no Facebook não há mais informações atualizadas, mas um dos integrantes morreu no incêndio,  o sanfoneiro (gaiteiro) Danilo Jaques,de 27 anos, o mais jovem do grupo(de camisa azul na foto). Ele teria conseguido escapar mas voltado para buscar a gaita. gurizada fandangueira

O gaiteiro Danilo Brauner Jaques e, segundo ele, “sua criança”. Reprodução/Facebook

Da outra banda que se apresentou antes, banda Pimenta e seus Comparsas, morreram o baterista Marcos André Rigoli, de 37 anos e o baixista Robson Van Der Ham, 31 anos. pimenta e cumparsasA equipe de esportes da Rádio Guaíba se dirigia a Caxias do Sul para transmitir o jogo Inter X Caxias pelo Gauchão e informada do cancelamento do jogo em meio à viagem tomou a decisão de ir direto à Santa Maria para informar os ouvintes sobre os acontecimentos. Aviões e helicópteros da Base Aérea de Santa Maria ajudaram na remoção dos queimados mais graves para hospitais de Porto Alegre, a 290 km.

Interior da boate Kiss em foto de festa anterior à tragédia. fonte: www.boatekiss.com.br

Interior da boate Kiss em foto de outra festa, anterior à tragédia. fonte: www.boatekiss.com.br  Na noite de domingo,27 a página foi tirada do ar.

O Comando da Aeronáutica confirma que dentre os mortos, estão 5 militares da FAB que se encontravam na boate: o Sargento Luiz Carlos Ludin de Oliveira e os soldados Giovani Krauchemberg Simões, Leandro Nunes da Silva, Rodrigo Dellinghausen Bairros Costa e Rhuan Scherer de Andrade. Veja a nota oficial na íntegra: A Força Aérea Brasileira prossegue apoiando as vítimas da tragédia ocorrida em Santa Maria (RS) na madrugada deste domingo (27/01).  As ações continuadas nesta tarde constam de: 1 – Transporte de equipe médica multidisciplinar do Hospital de Força Aérea do Galeão, localizado no Rio de Janeiro, composta de cirurgião plástico especializado em queimados, cirurgião geral, médico intensivista, equipe de enfermeiros especializados em tratamento de queimados e material de suprimento médico e cirúrgico referente às necessidades do ocorrido. 2 – Transporte de equipe médica do Hospital de Aeronáutica de Canoas, localizado no Rio Grande do Sul, composta de psicólogos, médicos e enfermeiros que apoiam a equipe de legistas em Santa Maria, além de se somarem àqueles profissionais que prestam apoio às famílias das vítimas. 3 – Disponibilização, desde a fatídica ocorrência, dos meios de combate a incêndio e dos serviços de socorro imediato (ambulâncias e serviço médico do Hospital da Base Aérea de Santa Maria). 4 – Disponibilização de aeronaves de grande porte (C-130 Hércules), médio porte (C-105 Amazonas e C-97 Brasília), de pequeno porte (C-95 Bandeirante e C-98 Caravan) e cinco helicópteros H-60 Black Hawk para as diversas necessidades que se apresentam como o transporte de equipes de médicos (especialistas, cirurgiões e legistas), o transporte de sobreviventes que necessitam de remoção para outros centros de apoio e o transporte de vítimas fatais para o estado do Rio Grande do Sul e fora deste. 5 – Até às 19h30 deste domingo, 24 vítimas já haviam sido transportadas para tratamento no Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS), em aeronaves da FAB. Foram 14 voos, a maioria em helicópteros, que pousam no Parque Farroupilha, o que facilita o acesso ao HPS. 6 – Disponibilização de aeronave C-99 EMBRAER 135, para transporte de equipe de técnicos e peritos do Ministério da Integração Nacional, de Brasília para Santa Maria 7 – Disponibilização de aeronave C-99 EMBRAER 145, que se encontra em prontidão, com tripulação e equipe à postos. 8 – Transporte de respiradores provenientes de Sorocaba e de Porto Alegre. Lamentavelmente, seis militares do efetivo da Base Aérea de Santa Maria (BASM) foram vitimados no incêndio. Destes, cinco faleceram. Ainda segundo o Comando da Aeronáutica, “No total, cerca de mil militares da FAB participam da missão, sendo 64 médicos e enfermeiros, além de 4 psicólogos. Os voos de UTI aérea até o momento envolveram aviões SC-105 Amazonas, C-95 Bandeirante, C-98 Caravan e helicópteros H-60 Blackhawk. Mais aeronaves estão de prontidão para acionamento em caso de necessidade.”  Assina a nota o Brigadeiro-do-Ar Marcelo Kanitz Damasceno , Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

……..
No Twitter, a hashtag #TODOSDesejamForçasASantaMaria assumiu a primeira posição no painel mundial de assuntos.
O vídeo “Mulher não trai” foi retirado do Youtube pelo usuário no final da tarde desta segunda(28)
O internauta Max Müller publicou na sua página do Facebook um vídeo impressionante mostrando o primeiro atendimento aos feridos , chamado Inferno na Kiss.

 A promotora criminal de Santa Maria Waleska Flores Agostini estava estudando desde o final da tarde do domingo(27) um possível pedido de prisão. São quatro os sócios da boate registrada comercialmente como Santo Entretenimentos Ltda ME, CNPJ 10818234-0001/02 ,uma SOCIEDADE EMPRESARIA LIMITADA , código 206-2 que, de fato e de direito , incluem Mauro Londero Hoffmann e Elissandro Callegaro Spohr, conhecido como Kiko.

O sócio Elissandro Spohr, o Kiko Reprodução/Facebook  

O sócio Mauro Hoffmann Reprodução/Facebook  fonte : Blog do Rafael Nemitz

Na manhã da segunda(28) o promotor do Ministério Público Joel Oliveira Dutra confirmou o pedido de prisão temporária de quatro pessoas : o proprietário do local, o administrador e dois integrantes da banda .O delegado titular da 3ª DPR de Santa Maria, Marcelo Arigony, afirmou que um dos sócios da boate Kiss, Elissandro Spohr, e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos (vocalista) e Luciano Augusto Bonilha Leão (produtor e roadie), foram detidos na manhã desta segunda-feira,28.  Há informações controversas sobre quem , em tese, poderia ser o integrante da equipe da banda que teria acionado o efeito pirotécnico conhecido como sputnik.  Existem vários tipos de artefatos como os “guerbs” que são indicados para uso indoor,  são disparados através de uma bateria de 9 volts  e produzem um efeito durante 15 segundos com a altura de até 3 metros, segundo o site Equipashow , especializado neste tipo de equipamento. No site Mercado Livre, produtos similares são encontrados com facilidade a um preço médio de R$ 25,00 . Se for comprovado o uso de um sinalizador para uso externo e este tenha sido a causa da tragédia , significa que por uma diferença de R$ 67,50 tudo poderia ter sido evitado. Esta é a diferença nas lojas do modelo de uso indoor para o outdoor. Um custa R$ 70, o outro , mais perigoso e rudimentar,para uso externo,  R$ 2,50. O outro sócio, Mauro Londero Hoffmann se apresentou à Polícia na tarde da segunda-feira,28 .  Agora, os quatro estão presos temporariamente, e sendo tratados como suspeitos,  em celas isoladas na Penitenciária de Santo Antão, a 15 km de Santa Maria. O principal motivo da prisão temporária foi o fato deles terem se afastado da cidade logo após o sinistro. O delegado Sandro Meinerz afirmou que a casa noturna pode estar também  no nome de parentes dos sócios (no caso a mãe e a irmã de Elissandro Spohr, sendo que os três teriam  50% da boate e Mauro Hoffmann, os outros 50%). O empresário Mauro Hoffmann também seria sócio de outros estabelecimentos na cidade, a cervejaria Floriano e a danceteria Absinto. Segundo o site de notícias da cidade de Santa Rosa,  Noroeste Notícias ” Kiko, ator, cantor e empresário, em junho de 2011, em entrevista ao jornal “Diário de Santa Maria”, Kiko teria criticado “a mania de todo mundo sair de casa ao mesmo tempo”. Na matéria do site, “de acordo com o texto do jornal gaúcho, o dono da boate Kiss afirmou, na ocasião, que “muita gente está furando a fila e que os seguranças não conseguem controlar isso totalmente”. Na reportagem, Kiko teria informado que, naquela época, a Kiss tinha público de até 1.400 pessoas, e garantido que o número de ingressos nunca ultrapassa isso. “Sempre temos 700 ingressos antecipados e 700 na hora. Estamos tentando trabalhar para atender da melhor maneira o público. Tanto que passamos de quatro para 10 caixas”, teria afirmado Kiko na época. O delegado Marcelo Arigoni, disse que os primeiros indícios colhidos mostram que o alvará do local prevê lotação de 691 pessoas,e que alguns extintores falsificados podem ter colaborado para a tragédia. No entanto, ficou comprovado que a validade dos extintores de incêndio ía até outubro de 2013. A Prefeitura Municipal de Santa Maria divulgou o alvará de funcionamento, assinado pelo Chefe de Equipe de Fiscalização Imobiliário e Mobiliário da Secretaria de Município de Finanças, Marcus Vinicius Biermann .

alvará-prefeeitura-smaria

alvara-corpo-de-bombeiros

No Alvará de Prevenção e Proteção contra Incêndio, expedido pelo 4º Comando Regional de Bombeiros, consta que o risco do estabelecimento era Médio . Segundo a  Lei_10987 , de 11 de Agosto de 1997, em seu Parágrafo 1º – O Corpo de Bombeiros , nos municípios em que possua destacamento, realizará inspeção anual nos prédios considerados de risco grande e médio, e a cada dois anos nos prédios considerados de risco pequeno. No Art 2º consta que as sanções são : 1: advertência  2: multa  3: interdição.

Confira aqui a íntegra da nota oficial da Brigada Militar do RS divulgada nesta terça(29) pelo seu Comandante Geral, Cel Sérgio Roberto de Abreu sobre a concessão de alvarás e outras responsabilidades. A nota pode ser acessada também no site da Corporação.

Segundo a nota ” o PPCI – Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio apresentado pelo responsável técnico contratado pela boate Kiss e aprovado pelo Corpo de Bombeiros, na boate havia duas saídas de emergência, cujas portas possuíam sentido de abertura para fora, dotadas de barras anti-pânico e devidamente sinalizadas. Suas dimensões estavam adequadas à população de 691 pessoas.” Segundo o jornal “Diário de Santa Maria” a empresa que atualizou o planejamento de combate a incêndio da Kiss foi a Hidramix Prestação de Serviço, de propriedade dos policiais militares Jairo Bittencourt da Silva  Roberto Flavio da Silveira e Souza ( bombeiro) e sua mulher  Gilceliane Dias de Freitas. Édio Nabinger, eletrotécnico da Hidramix dissse para o jornal que foram proposta três medidas, mas que a empresa executou somente uma parte das alterações necessárias para a liberação pelos bombeiros. Nabinger negou que a empresa tenha feito o PPCI. Ele disse para o jornal “Correio do Povo”, de Porto Alegre que apenas recebeu o PPCI para  instalar barras antipânico em portas internas da boate.

65 pacientes foram removidos para hospitais de outras cidades e 79 pessoas seguem internadas na rede hospitalar de Santa Maria.
Segundo o Ministério da Saúde há pelo menos 82 pacientes em estado grave, sendo que 73 em UTI com risco de morte.
A Prefeitura de Santa Maria colocou à disposição da comunidade um telefone para quem quiser mais informações : (55) 3921-7144. Podem ser feitas ligações a cobrar para este número.
Uma força tarefa organizada de forma emergencial pela Anvisa recebeu, nesta terça-feira (28), as doações em pele humana e de membrana amniótica doadas pelos governos da Argentina e do Uruguai , empregadas para recuperar partes do corpo atingidas pelas chamas. O Uruguai encaminhou 2.400 centímetros cúbicos de pele humana e 7.328 centímetros cúbicos de membrana amniótica. A Argentina enviou 10 mil centímetros cúbicos de pele e 20 mil centímetros cúbicos de membrana. Não é possível determinar quantos pacientes serão beneficiados, pois a necessidade depende da extensão da queimadura.
Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (28/1), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirmou que há 65 vítimas do incêndio internadas em hospitais de Santa Maria, das quais 27 em estado grave, e outros 52 pacientes atendidos na rede hospitalar de Porto Alegre.
O país conta com três bancos de pele localizados, respectivamente, no Instituto de Medicina Integral de Pernambuco Professor Fernando Filgueiras (Imip), em Recife; no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de São Paulo (HC-USP); e na Santa Casa da Misericórdia de Porto Alegre.Os bancos de Montevideo e de Buenos Aires são reconhecidos pela qualidade técnica e cooperaram para reforçar os estoques brasileiros pela dimensão do fenômeno ocorrido na cidade gaúcha e o impressionante número de atingidos por queimaduras.    O número oficial de mortes até a noite de quinta-feira(31) é de 236 pessoas.
Uma campanha também rola na web alertando quem aspirou a fumaça tóxica e que tenha sintomas como tosse, falta de ar e cansaço. Estas pessoas devem procurar atendimento médico imediatamente.
……
Um texto publicado no Facebook pelo escritor gaúcho Fabrício Carpinejar bombou na web, sendo compartilhado e retuítado por milhares de internautas :

A MAIOR TRAGÉDIA DE NOSSAS VIDAS  Morri em Santa Maria hoje. Quem não morreu? Morri na Rua dos Andradas, 1925. Numa ladeira encrespada de fumaça. A fumaça nunca foi tão negra no Rio Grande do Sul. Nunca uma nuvem foi tão nefasta. Nem as tempestades mais mórbidas e elétricas desejam sua companhia. Seguirá sozinha, avulsa, página arrancada de um mapa. A fumaça corrompeu o céu para sempre. O azul é cinza, anoitecemos em 27 de janeiro de 2013. As chamas se acalmaram às 5h30, mas a morte nunca mais será controlada. Morri porque tenho uma filha adolescente que demora a voltar para casa. Morri porque já entrei em uma boate pensando como sairia dali em caso de incêndio. Morri porque prefiro ficar perto do palco para ouvir melhor a banda. Morri porque já confundi a porta de banheiro com a de emergência. Morri porque jamais o fogo pede desculpas quando passa. Morri porque já fui de algum jeito todos que morreram. Morri sufocado de excesso de morte; como acordar de novo? O prédio não aterrissou da manhã, como um avião desgovernado na pista. A saída era uma só e o medo vinha de todos os lados. Os adolescentes não vão acordar na hora do almoço. Não vão se lembrar de nada. Ou entender como se distanciaram de repente do futuro. Mais de duzentos e quarenta jovens sem o último beijo da mãe, do pai, dos irmãos. Os telefones ainda tocam no peito das vítimas estendidas no Ginásio Municipal. As famílias ainda procuram suas crianças. As crianças universitárias estão eternamente no silencioso. Ninguém tem coragem de atender e avisar o que aconteceu. As palavras perderam o sentido.

Na página do Google Brasil ao se passar o mouse sobre uma fita de luto aparece a mensagem  "Estamos em luto com todo o Brasil"

Na página do Google Brasil ao se passar o mouse sobre uma fita de luto, onde normalmente tem um doodle comemorativo, aparece a mensagem “Estamos em luto com todo o Brasil”

…..
Nada se compara a esta tragédia, mas eu, pessoalmente,  lembro de um domingo igualmente triste na Rádio Guaíba quando morreu o narrador oficial da Rádio, Pedro Carneiro Pereira, em um acidente no autódromo de Tarumã. Pereira também era piloto e morreu na reta de Tarumã com seu Opala disputando palmo a palmo posições com Afonso Iglésias.  Pedro Carneiro Pereira iniciava os jogos com a frase : o árbitro olha o seu relógio, nós o nosso…
……
É impossível que as pessoas não imaginem que esta tragédia poderia ter acontecido na sua própria cidade. Você que frequenta a “night” vai dizer que não lembra da vez que foi “naquela” casa noturna e ela estava superlotada, certamente extrapolando todos os limites de lotação e segurança ? A ganância é quem manda nestas horas. Lembre agora , na sua cabeça, pelo menos dois nomes de boates em que poderia ter acontecido a mesma tragédia de Santa Maria . Não é tão difícil, mesmo que vc more numa cidade média.
…….
É impossível que diante da dor eterna que se alojou nos corações de cerca de 500 pais e mães esta lição não seja aprendida.
Mas o ser humano… ah, o ser humano.
No meio da dor, do desespero, da revolta ainda assim surgiram comentários maldosos e repugnantes nas redes sociais sobre o acontecido. A Internet maravilhosa que trouxe tantos contatos e amigos de volta é a mesma que acolhe a raça mais nojenta , a dos covardes, que se esconde atrás de um monitor e de um teclado. E valentemente, protegido pelo anonimato cretino,  posta as coisas mais absurdas não respeitando nem a dor do próximo. Quer achar um covarde ? É fácil . Eles se aglomeram no Facebook fazendo piadinhas infames e funestas da desgraça alheia. Escrevem o que não teriam coragem de dizer cara a cara, olho no olho, porque no mínimo levariam uma porrada nos dentes.
…….
Mas talvez pior ainda foi a tentativa de querer politizar a tragédia, feita pelos velhos jornalões da direita raivosa do Brasil. A charge produzida por Chico Caruso e veiculada no Blog do Noblat sugerindo que a Presidenta Dilma tem alguma relação com a tragédia nem vale a pena ser reproduzida aqui de tão indecente ,  um exemplo de cinismo e mau caratismo. Noblat ainda criou uma enquete em que coloca a possibilidade de que a visita presidencial às famílias enlutadas tenha sido demagogia, oportunismo político.
A charge assinada por Marco Aurélio, para o Jornal Zero Hora também foi de uma infelicidade atroz.
O especialista em alguma coisa que a Globo sempre arruma nestas horas, tentando responsabilizar o Governador Tarso Genro no Jornal da Globo desta segunda(28)  foi outra aberração que só o P.I.G.(Partido da Imprensa Golpista) consegue produzir, mesmo num momento tão delicado. PQP, vai ter espírito de porco lá na casa do c…
…….
No jornal Correio do Povo edição de terça-feira (29), que circula em POA e todo o RS,  há uma declaração estarrecedora do subcomandante do Corpo de Bombeiros de Santa Maria, Major Gérson da Rosa Pereira, que havia proibido suas duas filhas de ir à trágica festa.
Diz ele : “Quando vistoriamos esta boate, fizemos uma análise notificamos quanto à questão de existir apenas uma porta “, contou. ” No entanto, essa notificação foi derrubada pela Justiça, pois a lei não exigia duas portas pra um estabelecimento daquele porte. Ou seja: estava tudo legal perante a legislação brasileira:”
…….
O Rio Grande começa a enterrar os seus mortos.
238 histórias diferentes mas entrelaçadas pelo sofrimento.
Do casal que planejava um filho , do rapaz que estava curado de leucemia e comemorava, dos gêmeos, do militar que salvou a namorada e voltou para ajudar no resgate dos outros e morreu. Do corpo do peão acompanhado até o último momento pelo seu cavalo solitário. Da festa de aniversário da jovem de 19 anos que escapou por pouco e sua lista de convidados. Do universitário de educação física que ajudou no que pode, mas exausto, se lamentava por não ter tirado mais gente daquele cenário de horror.
Tristeza e dor numa sequência de 238 sepultamentos em que a ordem da vida se inverte.
Os mais velhos enterram os seus jovens.
Todos jovens, escandalosamente jovens.
Agora é o silêncio.
Que nos próximos passos se ache a justiça…
luto sta marai
Veja quem são e o que faziam as vítimas da tragédia (fonte: A Razão)
Julia Cristofali Saul, 20 anos, estudava medicina na Unisc e era natural de Jaguari.
Julia Cristofali Saul, 20 anos, estudava medicina na Unisc e era natural de Jaguari.
Ângelo Nicolosso Aita, 24 anos. Estudava Medicina Veterinária na UFSM.
Ângelo Nicolosso Aita, 24 anos. Estudava Medicina Veterinária na UFSM.
André Cadore Bosser, tinha 20 anos, nascido em Alegrete e estudante de Engenharia Florestal da UFSM
André Cadore Bosser, tinha 20 anos, nascido em Alegrete e estudante de Engenharia Florestal da UFSM
Andressa Ferreira Flores, natural de Santa Rosa, tinha 18 anos.
Andressa Ferreira Flores, natural de Santa Rosa, tinha 18 anos.
Os namorados Luiz Fernando Donate e Flavia Decarle Magalhães.
Os namorados Luiz Fernando Donate e Flavia Decarle Magalhães.
Lincon Turcato Carabagiale, natural de Ijuí, trabalhava no INPE como metereologista
Lincon Turcato Carabagiale, natural de Ijuí, trabalhava no INPE como metereologista
Viviane Tólio Soares, 22 anos. Trabalhava na loja Renner e pretendia cursar Medicina Veterinária
Viviane Tólio Soares, 22 anos. Trabalhava na loja Renner e pretendia cursar Medicina Veterinária
Vagner Rolin Marastega, de Ivorá, cursava Agronomia na UFSM
Vagner Rolin Marastega, de Ivorá, cursava Agronomia na UFSM
Leonardo Schoff Vendruscolo, estudava Agronomia na UFSM
Leonardo Schoff Vendruscolo, estudava Agronomia na UFSM
Rafael Quilião de Oliveira, morava em Cachoeira do Sul
Rafael Quilião de Oliveira, morava em Cachoeira do Sul
Marcos André Rigoli, 37 anos. Baterista da banda Pimenta e Seus Comparsas, de Ijuí que tocava na Kiss. Era casado mas não teve filhos.
Marcos André Rigoli, 37 anos. Baterista da banda Pimenta e Seus Comparsas, de Ijuí que tocava na Kiss. Era casado mas não teve filhos.
Ilivelton Martins Koglin
Ilivelton Martins Koglin
Raquel Daiane Fischer, tinha 19 anos e estudava Tecnologia dos Alimentos na UFSM. Rainha da última edição da Feira Internacional de Tecnologia de Horizontina.
Raquel Daiane Fischer, tinha 19 anos e estudava Tecnologia dos Alimentos na UFSM. Rainha da última edição da Feira Internacional de Tecnologia de Horizontina.
Guilherme Fontes Gonçalves, 19 anos, nascido em Cachoeira do Sul e cursava Agronomia na UFSM. Namorava Stefani Posser Simeoni, que também morreu no incêndio.
Guilherme Fontes Gonçalves, 19 anos, nascido em Cachoeira do Sul e cursava Agronomia na UFSM. Namorava Stefani Posser Simeoni, que também morreu no incêndio.
Daniela Betega Ahmad, natural de Cacequi, estudava Agronomia na UFSM, namorava Mateus Brondanii, que morreu no incêndio.
Daniela Betega Ahmad, natural de Cacequi, estudava Agronomia na UFSM, namorava Mateus Brondanii, que morreu no incêndio.
Ana Carolini Rodrigues, 19 anos, cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM
Ana Carolini Rodrigues, 19 anos, cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM
Carlos Alexandre dos Santos Machado. Tinha 26 anos e era formado em Administração pela Unifra
Carlos Alexandre dos Santos Machado. Tinha 26 anos e era formado em Administração pela Unifra
Mirella Rosa da Cruz, cursava Pedagogia na UFSM, irmã de José Manoel da Cruz, que também faleceu no incêndio.
Mirella Rosa da Cruz, cursava Pedagogia na UFSM, irmã de José Manoel da Cruz, que também faleceu no incêndio.
Vanessa Vancovicht Soares, natural de Santiago
Vanessa Vancovicht Soares, natural de Santiago
Andressa Thalita Farias Brissow, natural de Itaqui, cursva Direito na Fadisma. Tinha 20 anos e era irmã de Louise Brissow, também morta no incêndio.
Andressa Thalita Farias Brissow, natural de Itaqui, cursva Direito na Fadisma. Tinha 20 anos e era irmã de Louise Brissow, também morta no incêndio.
João Alousio Treuliebe, natural de Ijuí, estudou Turismo na Unifra
João Alousio Treuliebe, natural de Ijuí, estudou Turismo na Unifra
Andrise Farias Nicoletti, estudava Agronomia na UFSM, natural de São Gabriel
Andrise Farias Nicoletti, estudava Agronomia na UFSM, natural de São Gabriel
Gabriela Corcine Sanchotene, nascida em Alegrete, ex-aluna do curso de Psicologia da Unifra
Gabriela Corcine Sanchotene, nascida em Alegrete, ex-aluna do curso de Psicologia da Unifra
Merylin de Camargo dos Santos
Merylin de Camargo dos Santos
Elizandro Oliveira Rolin, morava em Itaara, sócio da Loja Estilo Jovem.
Elizandro Oliveira Rolin, morava em Itaara, sócio da Loja Estilo Jovem.
João Paulo Pozzobom, estudava Agronomia na UFSM e namorava Michele Cardoso, que também morreu na tragédia
João Paulo Pozzobom, estudava Agronomia na UFSM e namorava Michele Cardoso, que também morreu na tragédia
Juliana Sperone Lentz, estudava Agronomia na UFSM
Juliana Sperone Lentz, estudava Agronomia na UFSM
Bruno Kraulich, 28 anos, cursava mestrado em Agronomia, natural de Tuparendi
Bruno Kraulich, 28 anos, cursava mestrado em Agronomia, natural de Tuparendi
Tiago Dovigi Cegabinaze
Tiago Dovigi Cegabinaze
Flavia Maria Torres Lemos, estudante de Pedagogia na UFSM
Flavia Maria Torres Lemos, estudante de Pedagogia na UFSM
Benhur Retzlaff Rodrigues, 20 anos, natural de Santo Ângelo, estudante de Engenharia Civil da UFSM.
Benhur Retzlaff Rodrigues, 20 anos, natural de Santo Ângelo, estudante de Engenharia Civil da UFSM.
Ricardo Dariva, recém formado em Economia pela Unifra e trabalhava como coordenador de filiais em uma empresa de concreto. Tinha 24 anos.
Ricardo Dariva, recém formado em Economia pela Unifra e trabalhava como coordenador de filiais em uma empresa de concreto. Tinha 24 anos.
Leonardo Lemos Karsburg, natural de Uruguaiana e estudava Agronomia na UFSM
Leonardo Lemos Karsburg, natural de Uruguaiana e estudava Agronomia na UFSM
Paula Batistela Gatto, 19 anos, natural de Tapera, estudava Agronomia na UFSM
Paula Batistela Gatto, 19 anos, natural de Tapera, estudava Agronomia na UFSM
Débora Chiappa Forner
Débora Chiappa Forner
Bruna Camila Graeff, 20 anos. Estudante de Tecnologia dos Alimentos na UFSM, natural de Inhacorá, RS.
Bruna Camila Graeff, 20 anos. Estudante de Tecnologia dos Alimentos na UFSM, natural de Inhacorá, RS.
Jennefer Mendes Ferreira, natural de Santana do Livramento, cursava psicologia na Unifra. A amiga de infância Mariana Pereira Freitas também faleceu na tragédia. A lápide no Cemitério Santa Rita tem a foto das duas.
Jennefer Mendes Ferreira, natural de Santana do Livramento, cursava psicologia na Unifra. A amiga de infância Mariana Pereira Freitas também faleceu na tragédia. A lápide no Cemitério Santa Rita tem a foto das duas.
Dionatham Kamphorst Paulo, 18 anos, natural de Santana do Livramento e morava em São Gabriel
Dionatham Kamphorst Paulo, 18 anos, natural de Santana do Livramento e morava em São Gabriel
Bibiana Berleze, aluna de Medicina Veterinária da UFSM
Bibiana Berleze, aluna de Medicina Veterinária da UFSM
Jéssica Almeida Kongen cursava Educação Especial na UFSM, era natural de Manoel Viana
Jéssica Almeida Kongen cursava Educação Especial na UFSM, era natural de Manoel Viana
Alex Giacomolli, 19 anos, de Tapera, estudava Agronomia na UFSM e trabalhava como técnico agropecuário na empresa Stara
Alex Giacomolli, 19 anos, de Tapera, estudava Agronomia na UFSM e trabalhava como técnico agropecuário na empresa Stara
Emerson Cardoso Pain, 25 anos e cursava Relações Públicas na UFSM
Emerson Cardoso Pain, 25 anos e cursava Relações Públicas na UFSM
Cássio Garcez Biscaíno, 20 anos - cursava Engenharia Agrícola na Unipampa, natural de Manoel Viana e morava em Alegrete. Estava em Santa Maria com amigos.
Cássio Garcez Biscaíno, 20 anos – cursava Engenharia Agrícola na Unipampa, natural de Manoel Viana e morava em Alegrete. Estava em Santa Maria com amigos.
Vinicius Greff, 24 anos, estudava Zootecnia na UFSM. Tinha 24 anos e trabalhava no Laboratório de Bromatologia e Nutrição de Ruminantes.
Vinicius Greff, 24 anos, estudava Zootecnia na UFSM. Tinha 24 anos e trabalhava no Laboratório de Bromatologia e Nutrição de Ruminantes.
Greicy Pazzini Bairro, natural de Manoel Vianna
Greicy Pazzini Bairro, natural de Manoel Vianna
Letícia Baú, tinha 20 anos, estudava Tecnologia em Alimentos na UFSM
Letícia Baú, tinha 20 anos, estudava Tecnologia em Alimentos na UFSM
Leandra Fernandes Toniolo, 23 anos, estudava Radiologia na UFSM
Leandra Fernandes Toniolo, 23 anos, estudava Radiologia na UFSM
Micheli Froehlich Cardoso, 20 anos, era protética e também trabalhava na Kiss. Chegou a pedir ajuda pelo Facebook no início do incêndio.
Micheli Froehlich Cardoso, 20 anos, era protética e também trabalhava na Kiss. Chegou a pedir ajuda pelo Facebook no início do incêndio.
Pedro Morgental, nascido em Santa Maria, morava em Porto Alegre, onde trabalhava.
Pedro Morgental, nascido em Santa Maria, morava em Porto Alegre, onde trabalhava.
Luana Behr Vianna, estudava Psicologia na Unifra, natural de Santa Maria
Luana Behr Vianna, estudava Psicologia na Unifra, natural de Santa Maria
Tanise Lopes Cielo, 23 anos, era professora de dança e foi ao local para ver alunos que iriam se apresentar. Deixa dois filhos.
Tanise Lopes Cielo, 23 anos, era professora de dança e foi ao local para ver alunos que iriam se apresentar. Deixa dois filhos.
Karen Fernanda Knirsch, cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM.
Karen Fernanda Knirsch, cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM.
Augusto Malezan de Almeira Gomes, formou-se no ensino médio em 2011, colégio Cilon Rosa
Augusto Malezan de Almeira Gomes, formou-se no ensino médio em 2011, colégio Cilon Rosa
Barbara Moraes Nunes, natural de Santo Antônio das Missões
Barbara Moraes Nunes, natural de Santo Antônio das Missões
Bruna Brondani Pafhalia, advogada, 25 anos. Namorava com Leandro Reivas, também identificado entre as vítimas. Foi sepultada em Santiago, sua terra natal.
Bruna Brondani Pafhalia, advogada, 25 anos. Namorava com Leandro Reivas, também identificado entre as vítimas. Foi sepultada em Santiago, sua terra natal.
Vinicius Silveira Marques de Mello, de 20 anos, foi a Boate Kiss com a namorada Juliana Moro de Medeiros, que também morreu no incêndio
Vinicius Silveira Marques de Mello, de 20 anos, foi a Boate Kiss com a namorada Juliana Moro de Medeiros, que também morreu no incêndio
Danilo Brauner Jaques, 28 anos, sanfoneiro da banda Gurizada Fandangueira, que se apresentava na Kiss quando o incêndio começou
Danilo Brauner Jaques, 28 anos, sanfoneiro da banda Gurizada Fandangueira, que se apresentava na Kiss quando o incêndio começou
Rhuan Scherer de Andrade, trabalhava na Base Aérea de Santa Maria
Rhuan Scherer de Andrade, trabalhava na Base Aérea de Santa Maria
Carolina Simões Corte Real, estudava Tecnologia dos Alimentos na UFSM e tinha 18 anos
Carolina Simões Corte Real, estudava Tecnologia dos Alimentos na UFSM e tinha 18 anos
Henrique Nemitz Martins, natural de Manoel Viana, estudava Medicina Veterinária na UFSM
Henrique Nemitz Martins, natural de Manoel Viana, estudava Medicina Veterinária na UFSM
Leonardo Machado de Lacerda, 28 anos, 1º Tenente do 4º Regimento de Carros de Combate em Rosário do Sul. Natural do Rio de Janeiro, onde foi  sepultado
Leonardo Machado de Lacerda, 28 anos, 1º Tenente do 4º Regimento de Carros de Combate em Rosário do Sul. Natural do Rio de Janeiro, onde foi sepultado
Martins Francisco Mascarenhas de Souza Onofre, nasceu em Rio Grande e estudou na Unifra. O corpo foi sepultado em Júlio de Castilhos.
Martins Francisco Mascarenhas de Souza Onofre, nasceu em Rio Grande e estudou na Unifra. O corpo foi sepultado em Júlio de Castilhos.
Jaderson da Silva, 29 anos, natural de Itaqui e cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM
Jaderson da Silva, 29 anos, natural de Itaqui e cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM
Gabriella dos Santos Saenger, de Uruguaiana, estudava Psicologia na Unifra
Gabriella dos Santos Saenger, de Uruguaiana, estudava Psicologia na Unifra
Isabela Fiorini, 19 anos, de São Miguel do Oeste (SC), estudava Medicina Veterinária na UFSM
Isabela Fiorini, 19 anos, de São Miguel do Oeste (SC), estudava Medicina Veterinária na UFSM
Emili Contreira Ercolani
Emili Contreira Ercolani
Ivan Munchem, cursava medicina veterinária na UFSM e era natural de Cândido Godói
Ivan Munchem, cursava medicina veterinária na UFSM e era natural de Cândido Godói
Cristiane Quevedo da Rosa -  de Júlio de Castilhos, estudava Terapia Ocupacional na UFSM e trabalhava na Boate Kiss
Cristiane Quevedo da Rosa – de Júlio de Castilhos, estudava Terapia Ocupacional na UFSM e trabalhava na Boate Kiss
Mariana Pereira Freitas, tinha 21 anos e era formada em Educação Física na Fames
Mariana Pereira Freitas, tinha 21 anos e era formada em Educação Física na Fames
Luiza Batistella Puttow, natural de Tapera estudava Odontologia na UFSM
Luiza Batistella Puttow, natural de Tapera estudava Odontologia na UFSM
Felipe Vieira, 26 anos, natural de Caxias do Sul, morava em Santa Maria havia três meses.
Felipe Vieira, 26 anos, natural de Caxias do Sul, morava em Santa Maria havia três meses.
Franciele Vizioli, 20 anos, natural de Erechim, estudante de Engenharia Civil na UFSM
Franciele Vizioli, 20 anos, natural de Erechim, estudante de Engenharia Civil na UFSM
Helena Poletto Dambros, cursava Medicina Veterinária na UFSM, natural de Dom Pedrito, também morou em Ijuí.
Helena Poletto Dambros, cursava Medicina Veterinária na UFSM, natural de Dom Pedrito, também morou em Ijuí.
Taize Santos dos Santos, 24 anos. Estudava Sistemas da Informação na Unifra, era funcionária da empresa Zipline Tecnologia
Taize Santos dos Santos, 24 anos. Estudava Sistemas da Informação na Unifra, era funcionária da empresa Zipline Tecnologia
Pedro de Oliveira Salla, estudava Agronomia na UFSM. Tinha 17 anos, participou da organização da festa.
Pedro de Oliveira Salla, estudava Agronomia na UFSM. Tinha 17 anos, participou da organização da festa.
Kelli Anne Santos Azzolin, natural de são Luiz gonzaga, 23 anos. Tinha iniciado doutorado em Química na UFSM.
Kelli Anne Santos Azzolin, natural de são Luiz gonzaga, 23 anos. Tinha iniciado doutorado em Química na UFSM.
Taíse Carolina Vinas Silveira, de Caçapava do Sul, estudante de Artes Visuais da UFSM.
Taíse Carolina Vinas Silveira, de Caçapava do Sul, estudante de Artes Visuais da UFSM.
Vitória Dacorso Saccol, cursava Nutrição na UFSM, no Campus de Palmeiras das Missões
Vitória Dacorso Saccol, cursava Nutrição na UFSM, no Campus de Palmeiras das Missões
Suziele Cassol, 19 anos, e o namorado, Roger Dallagnol.
Suziele Cassol, 19 anos, e o namorado, Roger Dallagnol.
Stefane Posser Simeoni, de Marau. Tinha 18 anos e estudava Odontologia na UFSM. O namorado, Guilherme Pontes Gonçalves também faleceu.
Stefane Posser Simeoni, de Marau. Tinha 18 anos e estudava Odontologia na UFSM. O namorado, Guilherme Pontes Gonçalves também faleceu.
Fernanda Tischer, 19 anos, cursava Veterinária na UFSM, natural de Paverama.
Fernanda Tischer, 19 anos, cursava Veterinária na UFSM, natural de Paverama.
Lucas Foggiato, natural de Dom Pedrito, estudava Agronomia na UFSM e trabalhava no Instituto Phytus.
Lucas Foggiato, natural de Dom Pedrito, estudava Agronomia na UFSM e trabalhava no Instituto Phytus.
Crisley Carolina Saraiva Freitas de Palma, de Santa Maria, trabalhava em uma clínica odontológica.
Crisley Carolina Saraiva Freitas de Palma, de Santa Maria, trabalhava em uma clínica odontológica.
Natascha Oliveira Urquiza, cursava Ciências Econômicas na UFSM, tinha 20 anos e era natural de Uruguaiana.
Natascha Oliveira Urquiza, cursava Ciências Econômicas na UFSM, tinha 20 anos e era natural de Uruguaiana.
Rogério Cardoso Ivaniski, formado em Administração pela Fames, trabalhava em uma Consultoria em fight wear e suplementação esportiva.
Rogério Cardoso Ivaniski, formado em Administração pela Fames, trabalhava em uma Consultoria em fight wear e suplementação esportiva.
Ricardo Custódio, 27 anos. Formado em Administração trabalhava no setor de Marketing da Grendene, em Farroupilha.
Ricardo Custódio, 27 anos. Formado em Administração trabalhava no setor de Marketing da Grendene, em Farroupilha.
Maurício Loreto Jaime, natural de Caçapava do Sul, estudava Zootecnia na UFSM. Tinha 19 anos
Maurício Loreto Jaime, natural de Caçapava do Sul, estudava Zootecnia na UFSM. Tinha 19 anos
Luiz Eduardo Viegas Flores, 24 anos, cursava Ciências da Computação e morava em Três Passos, natural de Santa Maria
Luiz Eduardo Viegas Flores, 24 anos, cursava Ciências da Computação e morava em Três Passos, natural de Santa Maria
Flavia Decarle Magalhães, 18 anos. Namorava Luis Fernando Donati, que também morreu no incêndio
Flavia Decarle Magalhães, 18 anos. Namorava Luis Fernando Donati, que também morreu no incêndio
Erila Sarturi Becker, cursava Agronomia na UFSM
Erila Sarturi Becker, cursava Agronomia na UFSM
Ana Paula Anibaletto dos Santos, de Entre Rios do Sul, estudante de Tecnologia dos Alimentos na UFSM
Ana Paula Anibaletto dos Santos, de Entre Rios do Sul, estudante de Tecnologia dos Alimentos na UFSM
Larissa Hosbach, formada em Turismo estudava Tecnologia em Alimentos na UFSM
Larissa Hosbach, formada em Turismo estudava Tecnologia em Alimentos na UFSM
Rhaissa Gross Cúria, natural de Porto Alegre, cursava Agronomia na UFSM
Rhaissa Gross Cúria, natural de Porto Alegre, cursava Agronomia na UFSM
Gilmara Quintanilha Oliveira, natural de Porto Alegre, estudava Direito na Fadisma
Gilmara Quintanilha Oliveira, natural de Porto Alegre, estudava Direito na Fadisma
Mariana Moreira Macedo
Allana Willers, 18 anos, natural de Ijuí, estudante de Jornalismo da UFSM.
Allana Willers, 18 anos, natural de Ijuí, estudante de Jornalismo da UFSM.
Maicon Douglas Moreira Iensen, estudava Educação Física na UFSM
Maicon Douglas Moreira Iensen, estudava Educação Física na UFSM
Matheus Pacheco Brondani, natural de Rosário do Sul, estudava Medicina Veterinária na Urcamp, em Bagé. Namorava Daniela Betega Ahmad, que também morreu no incêndio.
Matheus Pacheco Brondani, natural de Rosário do Sul, estudava Medicina Veterinária na Urcamp, em Bagé. Namorava Daniela Betega Ahmad, que também morreu no incêndio.
Thais Zimermann Darif, de Guaracisba (SC), tinha 19 anos e estudava Medicina Veterinária
Thais Zimermann Darif, de Guaracisba (SC), tinha 19 anos e estudava Medicina Veterinária
Matheus Engers Rebolho, morava em Santo Ângelo, cursava direito e tinha 18 anos.
Matheus Engers Rebolho, morava em Santo Ângelo, cursava direito e tinha 18 anos.
Odomar Gonzaga Noronha, estudava Ciências Econômicas naa UFSM e trabalhava como supervisor nas Lojas Americanas. Tinha 27 anos, natural de Canoas.
Odomar Gonzaga Noronha, estudava Ciências Econômicas naa UFSM e trabalhava como supervisor nas Lojas Americanas. Tinha 27 anos, natural de Canoas.
Marton Matana, natural de Ibarama, estudava Engenharia Florestal na UFSM
Marton Matana, natural de Ibarama, estudava Engenharia Florestal na UFSM
Marcelo de Freitas Salla Filho, 20 anos, estudava Direito na Unifra, morreu no incêndio junto com o irmão, Pedro de Oliveira Salla, de 17 anos
Marcelo de Freitas Salla Filho, 20 anos, estudava Direito na Unifra, morreu no incêndio junto com o irmão, Pedro de Oliveira Salla, de 17 anos
Bruna Eduarda Neu, de Agudo. Namorava Thailan de Oliveira, que também morreu no incêndio.
Bruna Eduarda Neu, de Agudo. Namorava Thailan de Oliveira, que também morreu no incêndio.
Alexandre Anes Prado, estudava Jornalismo na Unifra, ex-aluno do Colégio Coração de Maria
Alexandre Anes Prado, estudava Jornalismo na Unifra, ex-aluno do Colégio Coração de Maria
Miguel Webber May, estudava Agronomia na UFSM, natural de Chapada tinha 23 anos
Miguel Webber May, estudava Agronomia na UFSM, natural de Chapada tinha 23 anos
Mariana Comassetto do Canto, cursava Desenho Industrial na UFSM, tinha familiares em Concórdia (SC)
Mariana Comassetto do Canto, cursava Desenho Industrial na UFSM, tinha familiares em Concórdia (SC)
Monica Andressa Glanzel, natural de Ibarama, cursava Matemática na UFSM, tinha 18 anos.
Monica Andressa Glanzel, natural de Ibarama, cursava Matemática na UFSM, tinha 18 anos.
Luciano Tagliapetra Esperdião, soldado natural de Nova Palma, servia em Santa Maria.
Luciano Tagliapetra Esperdião, soldado natural de Nova Palma, servia em Santa Maria.
Thiago Amaro Cechinatto, nascido em Ijuí, estudava Agronomia na UFSM
Thiago Amaro Cechinatto, nascido em Ijuí, estudava Agronomia na UFSM
Fernando Pellin, 23 anos, natural de Santo Augusto, mas morava em Sarandi. Ele também morou em Santa Maria, com o amigo Miguel May, que faleceu na tragédia
Fernando Pellin, 23 anos, natural de Santo Augusto, mas morava em Sarandi. Ele também morou em Santa Maria, com o amigo Miguel May, que faleceu na tragédia
Daniel Knabbem da Rosa, 35 anos, natural de Taquari, deixou um filho.
Daniel Knabbem da Rosa, 35 anos, natural de Taquari, deixou um filho.
Fábio José Cervinski, 25 anos, estudava Agronomia na UFSM. Natural de Paim Filho e tinha passado por um tratamento de Leucemia havia dois anos.
Fábio José Cervinski, 25 anos, estudava Agronomia na UFSM. Natural de Paim Filho e tinha passado por um tratamento de Leucemia havia dois anos.
José Manoel Rosa da Cruz, cursava Zootecnia na UFSM, irmão de Mirela Cruz que também faleceu no incêndio.
José Manoel Rosa da Cruz, cursava Zootecnia na UFSM, irmão de Mirela Cruz que também faleceu no incêndio.
Shaiana Tauchem Antolini, 22 anos, estudava Publicidade e Propaganda e fazia apresentações como cantora.
Shaiana Tauchem Antolini, 22 anos, estudava Publicidade e Propaganda e fazia apresentações como cantora.
As irmãs Louise Victoria Farias Brissow e Andressa Thalita Farias  Brissow.
As irmãs Louise Victoria Farias Brissow e Andressa Thalita Farias Brissow.
Andressa Roaz Paz, de São Francisco de Assis, estudava Tecnologia em Agronegócios na UFSM, 20 anos.
Andressa Roaz Paz, de São Francisco de Assis, estudava Tecnologia em Agronegócios na UFSM, 20 anos.
Ana Paula Rodrigues, natural de Mundo Novo (MS) a jovem passava as férias em Santa Maria
Ana Paula Rodrigues, natural de Mundo Novo (MS) a jovem passava as férias em Santa Maria
Rosabe Fernandes Rechermann, 45 anos, trabalhava no Fórum de Santa Maria, tinha passado no Mestrado em Gestão Ambiental. Foi a boate com o marido, Luiz Antonio Xisto, 36 anos, veterinario e também morreu no incêndio. Ela deixa dois filhos
Rosabe Fernandes Rechermann, 45 anos, trabalhava no Fórum de Santa Maria, tinha passado no Mestrado em Gestão Ambiental. Foi a boate com o marido, Luiz Antonio Xisto, 36 anos, veterinario e também morreu no incêndio. Ela deixa dois filhos
Vinicius Montardo Rosado, 24 anos, formado em Educação Física na Fames e trabalhava como Educador Social no Coletivo Coca-Cola Vento Norte de Santa Maria e jogava rúgbi.
Vinicius Montardo Rosado, 24 anos, formado em Educação Física na Fames e trabalhava como Educador Social no Coletivo Coca-Cola Vento Norte de Santa Maria e jogava rúgbi.
Kelen Aline Karsten Favarin, natural de Santa Maria, trabalhava nas lojas Renner.
Kelen Aline Karsten Favarin, natural de Santa Maria, trabalhava nas lojas Renner.
Luana Faco Ferreira, tinha 19 anos e fazia cursinho em Santa Maria
Luana Faco Ferreira, tinha 19 anos e fazia cursinho em Santa Maria
Matheus de Lima Librelotto, cursava Agronomia na UFSM, tinha 19 anos
Matheus de Lima Librelotto, cursava Agronomia na UFSM, tinha 19 anos
Heitor Santos Oliveira Teixeira, cursava Ciências Econômicas na UFSM e tinha 24 anos. Natural de Santa Maria ele iria se mudar para Porto Alegre. Era sócio de uma produtora de eventos
Heitor Santos Oliveira Teixeira, cursava Ciências Econômicas na UFSM e tinha 24 anos. Natural de Santa Maria ele iria se mudar para Porto Alegre. Era sócio de uma produtora de eventos
Natana Pereira Canto, completaria 20 anos no próximo sábado. Trabalhava como telefonista no Fórum de Santa Maria e estudava Direito na Fames.
Natana Pereira Canto, completaria 20 anos no próximo sábado. Trabalhava como telefonista no Fórum de Santa Maria e estudava Direito na Fames.
Walter de Mello Cabistani, 20 anos, estudava Direito na Unifra e estagiava no escritório Markus & Haas Advogados Associados
Walter de Mello Cabistani, 20 anos, estudava Direito na Unifra e estagiava no escritório Markus & Haas Advogados Associados
Melissa Berguemeier Correia, estudavaa Agronomia na UFSM, natural de São Francisco de Assis.
Melissa Berguemeier Correia, estudavaa Agronomia na UFSM, natural de São Francisco de Assis.
Silvio Beurer Junior, 22 anos, filho do dono da joalheria Silvio Joalheiro.
Silvio Beurer Junior, 22 anos, filho do dono da joalheria Silvio Joalheiro.
Letícia Ferraz da Cruz, cursava Medicina Veterinária na UFSM
Letícia Ferraz da Cruz, cursava Medicina Veterinária na UFSM
Ericson Ávila dos Santos, 18 anos, estudante de Tecnologia dos Alimentos e era natural de São Borja
Ericson Ávila dos Santos, 18 anos, estudante de Tecnologia dos Alimentos e era natural de São Borja
Juliana Oliveira dos Santos, cursava Enfermagem na UFSM.
Juliana Oliveira dos Santos, cursava Enfermagem na UFSM.
Larissa Terres Teixeira, professora, natural de Santa Maria.
Larissa Terres Teixeira, professora, natural de Santa Maria.
Ariel Nunes Andreatta, natural de Jóia. Morava em Santa Maria e cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM
Ariel Nunes Andreatta, natural de Jóia. Morava em Santa Maria e cursava Tecnologia dos Alimentos na UFSM

MEC antecipa segunda chamada do SISU

O Ministério da Educação (MEC) antecipou neste sábado (26) a lista da segunda chamada de selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).  Os estudantes podem acessar aqui a página do programa na internet e conferir se foi selecionado. Os candidatos selecionados terão os dias 1º, 4 e 5 de fevereiro para efetuar a matrícula na instituição de ensino. O Sisu é o sistema informatizado do MEC no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Deste sábado até o dia 8 de fevereiro, está aberto o prazo de adesão à lista de espera para concorrer às vagas remanescentes. Pode aderir à lista o candidato não selecionado em nenhuma de suas opções de curso nas chamadas regulares e o candidato selecionado em sua segunda opção de curso, independentemente de ter efetuado a matrícula. A participação na lista de espera somente poderá ser feita para a primeira opção de vaga do candidato.

Veja quanto sua conta de luz vai baixar

Concessionária por Estado DESCONTO Residencial
AES SUL 23,62%
AMAZONAS 18,22%
AMPLA 18,00%
BANDEIRANTE 18,08%
BOA VISTA 18,14%
CAIUA 18,08%
CEA 18,04%
CEAL 18,00%
CEB 18,11%
CEEE 18,13%
CELESC 18,48%
CELG 18,00%
CELPA 18,83%
CELPE 18,04%
CELTINS 18,20%
CEMAR 18,00%
CEMAT 19,29%
CEMIG 18,14%
CEPISA 18,00%
CERON 18,00%
CERR 18,04%
CFLM 20,92%
CFLO 18,00%
CHESP 18,01%
CJE 18,34%
CLFSC 19,66%
CNEE 19,69%
COCEL 18,41%
COELBA 18,96%
COELCE 18,05%
COOPERALIANÇA 18,01%
COPEL 18,12%
COSERN 18,00%
CPEE 23,38%
CPFL PAULISTA 18,07%
CPFL PIRATININGA 18,39%
CSPE 18,01%
DEMEI 18,36%
DMED 18,08%
EBO 18,00%
EDEVP 18,16%
EEB 18,65%
EFLUL 18,17%
ELEKTRO 18,47%
ELETROACRE 18,01%
ELETROCAR 18,07%
ELETROPAULO 18,25%
ELFJC 18,04%
ELFSM 18,97%
EMG 18,14%
ENERSUL 18,24%
ENF 18,07%
EPB 18,01%
ESCELSA 18,01%
ESE 18,00%
FORCEL 18,01%
HIDROPAN 18,50%
IGUACU 18,11%
LIGHT 18,10%
MUXFELDT 18,55%
RGE 22,00%
SULGIPE 18,33%
UHENPAL 25,94%

Veja nesta tabela os preços por kWh

Sigla Concessionária Residencial (R$/kWh) Vigência
 ELETROACRE  Companhia de Eletricidade do Acre 0,37060 24/01/2013
até
29/11/2013
 CEMAR  Companhia Energética do Maranhão  (Interligado) 0,36610 24/01/2013
até
27/08/2013
 EMG  Energisa Minas Gerais – Distribuidora de Energia S.A. 0,36448 24/01/2013
até
17/06/2013
 CEPISA  Companhia Energética do Piauí 0,36292 24/01/2013
até
27/08/2013
 ENERSUL  Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S/A.  (Interligado) 0,36048 24/01/2013
até
07/04/2013
 CPFL Mococa  Companhia Luz e Força de Mococa 0,35474 03/02/2013
até
02/02/2014
 AMPLA  Ampla Energia e Serviços S/A 0,35015 24/01/2013
até
14/03/2013
 CELTINS  Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins 0,34423 24/01/2013
até
03/07/2013
 CHESP  Companhia Hidroelétrica São Patrício 0,34387 24/01/2013
até
11/09/2013
 JARI  Jari Celulose S/A 0,34191 07/08/2012
até
06/08/2013
 CEMAT  Centrais Elétricas Matogrossenses S/A.  (Interligado) 0,34187 24/01/2013
até
07/04/2013
 UHENPAL  Usina Hidroelétrica Nova Palma Ltda. 0,34125 24/01/2013
até
18/04/2013
 CERON  Centrais Elétricas de Rondônia S/A. 0,33862 24/01/2013
até
29/11/2013
 SULGIPE  Companhia Sul Sergipana de Eletricidade 0,33702 24/01/2013
até
13/12/2013
 DEMEI  Departamento Municipal de Energia de Ijuí 0,33570 24/01/2013
até
28/06/2013
 HIDROPAN  Hidroelétrica Panambi S/A. 0,33439 24/01/2013
até
28/06/2013
 ELETROCAR  Centrais Elétricas de Carazinho S/A. 0,33184 24/01/2013
até
28/06/2013
 CEMIG-D  CEMIG Distribuição S/A 0,33090 24/01/2013
até
07/04/2013
 RGE  Rio Grande Energia S/A. 0,32956 24/01/2013
até
18/06/2013
 COELBA  Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia 0,32740 24/01/2013
até
21/04/2013
 ELFSM  Empresa Luz e Força Santa Maria S/A. 0,32519 24/01/2013
até
14/08/2013
 CELPA  Centrais Elétricas do Pará S/A.  (Interligado) 0,32076 24/01/2013
até
06/08/2013
 EPB  Energisa Paraíba – Distribuidora de Energia 0,31782 24/01/2013
até
27/08/2013
 ESCELSA  Espírito Santo Centrais Elétricas S/A. 0,31509 24/01/2013
até
06/08/2013
 LIGHT  Light Serviços de Eletricidade S/A. 0,31416 24/01/2013
até
06/11/2013
 CERR  Companhia Energética de Roraima 0,31346 24/01/2013
até
31/10/2013
 COOPERALIANÇA  Cooperativa Aliança 0,31187 24/01/2013
até
13/08/2013
 EEB  Empresa Elétrica Bragantina S/A. 0,31142 24/01/2013
até
09/05/2013
 CEAL  Companhia Energética de Alagoas 0,30293 24/01/2013
até
27/08/2013
 CPFL Sul Paulista  Companhia Sul Paulista de Energia 0,30200 03/02/2013
até
02/02/2014
 CPEE  Companhia Paulista de Energia Elétrica 0,30043 03/02/2013
até
02/02/2014
 EFLJC  Empresa Força e Luz João Cesa Ltda 0,29925 24/01/2013
até
13/08/2013
 EFLUL  Empresa Força e Luz Urussanga Ltda 0,29916 24/01/2013
até
13/08/2013
 COSERN  Companhia Energética do Rio Grande do Norte 0,29825 24/01/2013
até
21/04/2013
 COELCE  Companhia Energética do Ceará 0,29815 24/01/2013
até
21/04/2013
 MUXENERGIA  Muxfeldt Marin & Cia. Ltda 0,29727 24/01/2013
até
28/06/2013
 CELG-D  Celg Distribuição S.A. 0,29662 24/01/2013
até
11/09/2013
 CELPE  Companhia Energética de Pernambuco 0,29615 24/01/2013
até
28/04/2013
 DEMED  DME Distribuição S.A 0,29468 24/01/2013
até
28/06/2013
 IENERGIA  Iguaçu Distribuidora de Energia Elétrica Ltda 0,29061 24/01/2013
até
06/08/2013
 ESE  Energisa Sergipe – Distribuidora de Energia S.A. 0,29003 24/01/2013
até
21/04/2013
 ELEKTRO  Elektro Eletricidade e Serviços S/A. 0,28713 24/01/2013
até
26/08/2013
 BANDEIRANTE  Bandeirante Energia S/A. 0,28586 24/01/2013
até
22/10/2013
 ENF  Energisa Nova Friburgo – Distribuidora de Energia S.A. 0,28524 24/01/2013
até
17/06/2013
 FORCEL  Força e Luz Coronel Vivida Ltda 0,27633 24/01/2013
até
25/08/2013
 CPFL-Paulista  Companhia Paulista de Força e Luz 0,27621 24/01/2013
até
07/04/2013
 CEEE-D  Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica 0,27588 24/01/2013
até
24/10/2013
 EBO  Energisa Borborema ? Distribuidora de Energia S.A. 0,27455 04/02/2013
até
03/02/2014
 CFLO  Companhia Força e Luz do Oeste 0,27350 24/01/2013
até
28/06/2013
 CNEE  Companhia Nacional de Energia Elétrica 0,27180 24/01/2013
até
09/05/2013
 AmE  Amazonas Distribuidora de Energia S/A 0,27139 24/01/2013
até
31/10/2013
 CAIUÁ-D  Caiuá Distribuição de Energia S/A 0,26786 24/01/2013
até
09/05/2013
 EDEVP  Empresa de Distribuição de Energia Vale Paranapanema S/A 0,26172 24/01/2013
até
09/05/2013
 CPFL Santa Cruz  Companhia Luz e Força Santa Cruz 0,26070 03/02/2013
até
02/02/2014
 Boa Vista  Boa Vista Energia S/A 0,26009 24/01/2013
até
31/10/2013
 COCEL  Companhia Campolarguense de Energia 0,25927 24/01/2013
até
23/06/2013
 CPFL- Piratininga  Companhia Piratininga de Força e Luz 0,25694 24/01/2013
até
22/10/2013
 CELESC-DIS  Celesc Distribuição S.A. 0,25580 24/01/2013
até
06/08/2013
 AES-SUL  AES SUL Distribuidora Gaúcha de Energia S/A. 0,25307 24/01/2013
até
18/04/2013
 COPEL-DIS  Copel Distribuição S/A 0,24258 24/01/2013
até
23/06/2013
 CEB-DIS  CEB Distribuição S/A 0,24253 24/01/2013
até
28/08/2013
 ELETROPAULO  Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S/A 0,23801 24/01/2013
até
03/07/2013
 CPFL Jaguari  Companhia Jaguari de Energia 0,20877 03/02/2013
até
02/02/2014
 CEA  Companhia de Eletricidade do Amapá 0,19729 A Partir
de

24/01/2013

 

Eletrobrás faz sua primeira reunião do ano : em pauta, o futuro de distribuidoras e funcionários

Na primeira sexta de fevereiro, dia 1º , o Conselho de Administração da Eletrobrás se reúne em Brasilia para tratar das reformas que a estatal terá que implementar com a perda estimada de R$ 9 bilhões de receita por conta da renovação antecipada das concessões que venceriam em 2015 e 2017.

Na rádio-corredor da estatal se fala em corte de diárias, horas extras, a implantação de um Programa de Demissão Voluntária, o cancelamento de patrocínios esportivos (Vasco vai dançar…) dentre outras coisas.

Algumas medidas devem atingir duramente também as distribuidoras ligadas  a Empresa (como a Ceron) e a venda de participações minoritárias em outras companhias como Copel, Coelce, Celpe, CEEE, Cemat, Celpa e Ceb.

O Sistema Eletrobras tem 30.562 trabalhadores. A expectativa é que a adesão ao PDV atinja entre 10% e 15% do total, um pouco mais de 3.000 trabalhadores.

Deu na RTP : cirurgiões portugueses criam nova técnica para corrigir hérnia inguinal

rtp 2A nova técnica desenvolvida pelos cirurgiões portugueses Augusto Lourenço e Rui Soares da Costa, que já realizaram cerca de 1.000 procedimentos com esta técnica inovadora, que tem despertado o interesse dos melhores cirurgiões do mundo, por ser mais simples e mais barata.

Veja o vídeo da RTP aqui.