Arquivo da categoria: A Nordeste

Ator Domingos Montagner morre após mergulhar no rio São Francisco

atorO ator Domingos Montagner, que estava desaparecido desde a tarde desta quinta (15), foi encontrado morto em Canindé de São Francisco, sertão sergipano. A TV Globo acaba de confirmar que as equipes de buscas encontraram o corpo preso em pedras do rio a 30 m de profundidade. De acordo com um anúncio feito pela TV Globo, o ator gravou cenas da novela pela manhã e, após almoçar, foi mergulhar, mas não voltou à superfície.

Domingos Montagner, que interpreta o Santo, protagonista da novela “Velho Chico”, estava desaparecido. Depois de almoçar com a colega de elenco Camila Pitanga, na cidade de Canindé de São Francisco, no Sergipe, onde a trama é gravada, o ator saiu para tomar banho no rio São Francisco, em um local chamado prainha de Canindé do São Francisco, 

De acordo com o soldado Carlos Santos, da PM de Sergipe, o local escolhido por Domingos Montagner para mergulhar é perigoso. “O local do desaparecimento foi o pior lugar para se tomar banho. Ali há um desencontro das águas e formam-se redemoinhos. Realmente é onde o rio é mais complicado, há vários retornos da água”, contou o policial ao “UOL”.
De acordo com fontes próximas à novela, Domingos e Camila estão de folga das gravações. Eles teriam ido almoçar na região onde o ator desapareceu, enquanto a equipe trabalhava em outro local, gravando uma cena com Marcelo Serrado.

Olhares do Brasil: Lençóis Maranhenses, por Rafael Neddermeyer

Um dos destinos turísticos mais bonitos do país, os Lençóis Maranhenses combinam quilômetros e quilômetros de dunas branquinhas pontilhadas por lagoas de água doce, ora azuis, ora verdes. A porta de entrada para o paraíso, protegido pelo status de Parque Nacional, é o município de Barreirinhas. De lá, é dada a largada para a exploração do cenário, que fica ainda mais exuberante entre os meses de junho e setembro, quando as lagoas estão completamente cheias. A faixa de dunas avança, a partir da costa, de 5 a 25 km em direção ao interior. Na região encontra-se a nascente do rio Preguiças, que corta o parque até a sua foz no oceano Atlântico.

Inserido no bioma costeiro marinho, o parque é um exponente dos ecossistemas de mangue, restinga e dunas, associando ventos fortes e chuvas regulares. Sua grande beleza cênica, aliada aos passeios pelos campos de dunas e à possibilidade de banhar-se nas lagoas, atraem turistas de todo o mundo, que visitam o parque durante o ano inteiro.

Doutorando da USP é vítima de injúria por ser nordestino: “Seu paraiba pobre burro, ignorante comedor de areia!”

Por Professor Lúcio Vilar

O leitor é testemunha de que nas poucas vezes em que esse espaço foi usado para externar questões de fundo pessoal, excepcionalmente se reportaram ao nascimento de meus filhos. Ponto.

Entretanto, nesta quarta-feira, uma nova exceção justifica a incursão na medida em que o fato a ser tornado público tem ressonâncias que extrapolam o campo estritamente pessoal. Adquire, por isso mesmo, caráter coletivo, de interesse público.

O fato: fui surpreendido no último sábado com as mais estúpidas e gratuitas agressões no bate-papo do Facebook, reproduzidas abaixo, com identificação do autor (certamente fake), com o qual não tenho qualquer vínculo ou conhecimento:

Gabriel Paulo

Início da conversa no bate-papo

Sábado 11:05

Seu paraiba pobre burro fudido! Nunca será. Miseravel ignorante comedor de areia! Petista imbecil! Vai aprender a ler filho da p… antes de sair procriando q nem rato!

Volta pra tua terra miseravel!!!

Nordestino filho da p…! Aposto q vive de migalha do governo. Babão comedor de areia. Nunca será! Zé povinho!

Gentalha como vc tem que ser exterminada pra nao procriar mais!
​         Esse tipo abjeto de manifestação é reflexo do tom beligerante que invadiu as redes sociais (especialmente os microblogs) nos últimos meses. Foi algo estimulado por sociólogos, jornalistas e até um ex-presidente após as últimas eleições presidenciais, responsabilizando os nordestinos “burros” e “analfabetos”, segundo eles, pela derrota do candidato tucano.  Para essas pessoas, a campanha ainda não acabou. Atropelam, com isso, noções de civilidade e espírito democrático, itens que deveriam nortear a política.

Quanto ao “cidadão” em questão, espero contar com apoio do Ministério Público Federal no sentido de identificar a real identidade do autor das manifestações de preconceito e ódio, além do crime de injúria racial contra nordestinos configurado e que não deveria ficar impune.

Veja mais em Polêmica Paraíba

Cine Anima nas terras de Mestre Vitalino

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Cine Anima realizou mais uma etapa no Circuito do Festival Pernambuco Nação Cultural patrocinado pela Sec. de Cultura/Fundarpe PE em Caruaru,  terra do Mestre Vitalino, considerada pela UNESCO o maior Centro de Arte Figurativa das Américas. Sua feira é Patrimônio Imaterial do país e o projeto aconteceu no Alto do Moura,berço dos principais artesãos de bonecos de barro e foi ministrada para os artesãos da comunidade. O Cine Anima  percorre diversas etapas do Circuito Nação Cultural com oficinas na temática de Luiz Gonzaga o Rei do Baião e irá desaguar no lançamento do filme A VOLTA DA ASA BRANCA na última etapa no final do ano em Exú. Veja mais no blog http://pontocinemadeanimacao.blogspot.com/ . Ações  do Lula Gonzaga !

Mar, amor e poesia

TANTAS POESIAS EU FIZ

Com pensamentos vadios
perdi-me na imensidão das noites nuas,
sorrindo verdades,
alardeando felicidades.
Tantas poesias eu fiz,
tornando o sonhos
uma realidade discreta,
à espera do tudo ou do nada.
A palavra brinca no pensamento,
que insiste em lembrar tua ausência,
na dor que invade sem dar alento.Tantas poesias eu fiz,
buscando nas brumas do passado,
nossas metades inabadas.