Alta performance na vida: o poder do silêncio

Por Fernanda Surian

“Pra mim, o silêncio é uma higiene mental. É com ele que começo meu dia, sempre que possível, e é ele quem me salva quando a mente já está saturada de informação, barulhos e precisa de calma para pensar” A frase é da atleta de alta performance Fernanda Surian, quatro anos de Crossfit e que compartilha em suas redes sociais a busca pela dobradinha resultado e qualidade de vida. Pode parecer simples demais, mas o silêncio é artigo raro nos dias de hoje, especialmente nas grandes cidades. Já nos acostumamos com os barulhos dos carros e das buzinas, mas experimente perguntar a alguém que vive em outro lugar: nós temos barulhos demais!

E como estamos acostumados a eles, e a músicas, conversas, televisão, rádio e tudo mais que emita som, não parece que isso possa ter efeitos tão nocivos ao nosso bem-estar. Sobre sua experiência de aumentar períodos de silêncio na rotina, Fernanda revela: quando comecei a prestar atenção a essas pausas no meu dia, em que me proponho apenas a silenciar, percebi que há uma energização, as ideias clareiam, é algo que costumo fazer quando preciso me concentrar para estudar, por exemplo, ou quando estou em um momento do dia em que dá vontade de dizer CHEGA!”. Para ela, o silêncio é uma espécie de “basta” pra esse zunzunzum que acaba trazendo estresse, irritação, ansiedade.

A atleta cita duas coisas bem importantes que aprendeu sobre o silêncio:

Estamos acostumados a reagir diante das situações. O que isso quer dizer? Alguém fala/questiona/ataca e a gente já tem que ter resposta na ponta da língua, certo? Bem, nem sempre. Às vezes, silenciar antes de reagir pode nos trazer outra perspectiva das situações, nos fazer agir com mais clareza e evitar confrontos desnecessários. E, se eles precisam acontecer, que seja de cabeça fria e argumentos concretos, não é mesmo?

Ansiedade e estresse são falta de estar no presente. Há algo de muito poderoso em silenciarmos, olharmos em volta e vermos que, agora, está tudo certo. Quanta ansiedade passamos por coisas que nem chegam a acontecer? E quanto estresse por situações que já terminaram, e que só continuam em looping na nossa mente? O silêncio é uma ferramenta incrível para estar no presente.

Fernanda lembra que, com o silêncio, aprendemos a entender também os movimentos que estão no pensamento e que normalmente não percebemos: “observar os próprios pensamentos permite ter mais clareza sobre as situações, nos dar conta do que realmente nos preocupa ou estressa”. Segundo ela, ouvir o que pensamos é enriquecedor.

Uma ideia sobre “Alta performance na vida: o poder do silêncio

Daí, o que você acha disso ?