3 ideias sobre “Estrada de Ferro Madeira-Mamoré , 1984

      1. luiz brito

        Madeira – Mamoré que saudade daquele trem correndo pelos caminhos de ferro, já viajei no então conhecido trem horário até g.mirim também nas litorinas denominadas ou batizadas de Brasil e Bolivia, acreditava que nunca a amada ferrovia teria esse triste fim, na fotografia um vagão abandonado no km 25 ou acampamento de trabalhadores da ferrovia no 25.
        Foi nos anos de chumbo que ditadura matou afogada nas aguas barrentas do rio madeira litorinas vagões e locomotivas, os torturadores daquela época ainda estão por aqui ou deixaram quem os representasse com as mesmas crueldades daqueles dias… ELES NÃO.

        Responder

Daí, o que você acha disso ?