Marielle no Washington Post : “símbolo mundial na luta contra a violência”

 

O jornal Washington Post, um dos mais respeitados do mundo, dedicou uma longa coluna nesta desta terça-feira (20) à ativista e vereadora do PSOL/RJ Marielle Franco, friamente executada no Rio de Janeiro. Segundo o jornal Marielle se torna agora um símbolo global na luta contra a violência a discriminação racial. A a reportagem questiona o mito da “democracia racial” e destaca o genocídio praticado contra a população negra, pobre e periférica no Brasil. Em outro ponto, o jornal também ressalta que o crime até agora não foi esclarecido.

O jornal também deu destaque às manifestações internacionais em memória da vereadora, como a homenagem feita no Parlamento Europeu.

O Washigton Post também citou que  só há políticos brancos no comando de ministérios em Brasília ,segundo o jonal um  indício de falta de representatividade dos negros na política.

Uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil, Ligue 180 para denunciar casos de violência contra a mulher, a ligação é anônima, gratuita e qualquer um pode fazer! #MulherMudaTudo

Daí, o que você acha disso ?