Tragédia no mar de SC : um corpo é encontrado junto à fuselagem do avião de Ji-Paraná

Na foto, o empresario Robson Guimarães, dono da BigSal, quando recebia o monomotor da fábrica.

Na foto, o empresario Robson Guimarães, dono da BigSal, quando recebia o monomotor da fábrica.  foto/divulgação

O corpo de um dos ocupantes do monomotor prefixo PP-LIG foi encontrado na tarde desta segunda-feira junto aos destroços do avião e encaminhado ao IML para identificação.

A aeronave decolou de Florianópolis/SC no dia 1º de fevereiro às 5h15 e caiu aproximadamente três minutos depois, a seis milhas do aeroporto Hercílio Luz, conforme os bombeiros. A bordo estavam o proprietário da aeronave, o empresário Robson Guimarães, dono da empresa Big Sal , de Ji-Paraná e o piloto Marlon Neves, de uma uma tradicional família de pioneiros da cidade.

O modelo do monomotor TBM 900 fazia a viagem de São Paulo a Ji-Paraná, normalmente cumprida por aeronaves similares em 6,5 horas com uma parada para abastecimento , em percurso direto e em aproximadamente 3,5 horas. O modelo é considerado o monomotor mais rápido do mundo e opera em pistas de todos pavimentos, com capacidade para 5 passageiros e 01 piloto, consumo média de 220 litros/h e teto operacional de 31.000 pés.

O Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa V) está comandando as investigações para apurar a causa do acidente.

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.