Ministério da Cultura peita o Facebook , que recua. Foto de índios nus volta a ser publicada

Esta é a foto “censurada” pelo Facebook.

Às vésperas do Dia do Índio, que será comemorado domingo (19/4), o Facebook censurou uma foto publicada na página do MinC, que retratava um casal de índios.

Em notícia sobre o lançamento do Portal Brasiliana Fotográfica, uma iniciativa da Fundação Biblioteca Nacional e Instituto Moreira Salles, publicamos, dia 15, post que continha uma foto de 1909, feita por Walter Garbe, de um casal de Índios Botocudos, em que aparece uma indígena com o dorso nu. Horas depois da publicação, o Facebook apagou a imagem.

O Ministério solicitou o desbloqueio, mas a empresa manteve a decisão de censurá-la alegando que não se submete a legislação local e que tem regras próprias, que aplica globalmente.

O Ministério da Cultura entende que o Facebook, ao aplicar termos de uso abusivos e sem transparência, tenta impor ao Brasil, e às demais nações do mundo onde a empresa opera, seus próprios padrões morais, agindo de forma ilegal e arbitrária.

Tal postura fere a Constituição da República; o Marco Civil da Internet; o Estatuto do Índio e a Convenção da Unesco sobre Proteção e Promoção da Diversidade e das Expressões culturais. Também desrespeita a cultura, a história e a dignidade do povo brasileiro.

Diante da decisão do Facebook, o Ministério da Cultura decidiu adotar as providências legais cabíveis contra a prática de censura e de ataque à liberdade de expressão.

Em poucos minutos, o Facebook reviu sua decisão e retornou com a imagem .

Leia Mais >
Biblioteca Nacional e IMS lançam portal de fotos históricas

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.