Morre Ravi Shankar, o mestre indiano da cítara que influenciou os Beatles e os Rolling Stones

Shankar, ao centro, em foto com o Dalai Lama

Shankar, ao centro, em foto com o Dalai Lama

Ídolo dos Beatles aos Rolling Stones, Ravi Shankar faleceu aos 92 anos, nessa terça-feira(11). Shankar, pai da cantora e compositora americana Norah Jones, morreu no hospital Scripps Memorial Hospital em La Jolla, San Diego (Califórnia), nos Estados Unidos, onde passou por uma cirurgia. Shankar, que morava na Califórnia, nasceu em uma família de casta elevada na cidade sagrada de Varanasi, norte da Índia, em 7 de abril de 1920. Ele ensinou o amigo George Harrison, que faleceu em 2001, a tocar cítara e colaborou com o ex-Beatle em vários projetos, incluindo o famoso show para Bangladesh em 1971. Os Beatles chamavam Shankar de “padrinho da música mundial”.

Veja mais no Site Oficial de Ravi Shankar

Uma ideia sobre “Morre Ravi Shankar, o mestre indiano da cítara que influenciou os Beatles e os Rolling Stones

Deixe uma resposta para norma7 Cancelar resposta