“Paralelo 10”, documentário sobre índios isolados é uma das atrações do Festcineamazônia

O premiado filme ‘Paralelo 10’ será exibido na 10ª edição do Festival Latinoamericano de Cinema e Video – Festcineamazônia, a ser realizado de 6 a 10 de novembro, no Teatro Banzeiros. A obra, dirigida por Silvio Da-Rin, fala sobre a situação dos índios isolados no Brasil na fronteira com o Peru.

O longa-metragem recebeu o prêmio de melhor filme da mostra competitiva do 14º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental – FICA, em julho e o melhor documentário no Festival de Cinema Brasileiro em Toronto, em outubro.

O documentário narra a história de José Carlos Meirelles, um dos mais destacados sertanistas brasileiros que estava há um ano e meio afastado do Acre, e retorna à região do Paralelo 10º Sul, em companhia do antropólogo Terri de Aquino. O filme viaja com eles durante três semanas, subindo o Rio Envira, enfrentando vários tipos de obstáculo e se aproximando cada vez mais das malocas de índios isolados.

Nessa jornada, Meirelles rememora experiências, expõe contradições de seu ofício e discute com índios Madijá e Ashaninka a melhor forma de se relacionar com os índios “brabos”, sem tentar amansá-los nem exterminá-los.

Daí, o que você acha disso ?