Bigodes nos gatos: um aliado nas travessuras

A preocupação em manter os animais de estimação sempre limpos e tosados é muito importante, porém alguns cuidados, principalmente com os gatos, devem ser tomados. Ao contrário do que muita gente imagina, o bigode é sim um aliado dos bichanos, conforme explica o médico veterinário e diretor clínico do Hospital Veterinário Pet Care, Dr. Marcelo Quinzani. “Jamais podemos tosar ou cortar os bigodes dos gatos, pois eles são essenciais para o seu bem-estar, equilíbrio, movimentação e orientação”, afirma.

Uma vez com bigodes danificados, os gatos podem ficar inseguros e ainda ter dificuldades para andar ou correr em linha reta. Se sentem desorientados, não conseguem andar no escuro e, em alguns casos, podem até cair. Saltar e subir em móveis, podem se tornar grandes desafios. Estudos apontam que a ausência do bigode nos gatos pode até ocasionar vômitos, talvez por desequilíbrio e ansiedade. “As terminações nervosas dos bigodes dos gatos são muito sensíveis ao toque e isso é muito importante para se guiarem no escuro. Quando há ausência dos bigodes, observarmos gatos com a face machucada devido às trombadas nos móveis e portas”, ressalta Dr. Marcelo.

Assim como os pelos, os bigodes voltam a crescer dentro de algumas semanasEles são feitos de queratina, o principal componente estrutural que compõe o cabelo e unhas dos humanos. “Os gatos também trocam de bigodes, assim como outros pelos do corpo. Por isso é comum encontrarmos alguns bigodes perdidos pela casa, mas fique atento, se começar a encontrar muitos deles, consulte um veterinário”, alerta o profissional que explica, já que a queda de bigodes pode indicar uma deficiência de vitaminas ou dermatopatias, mesmo para gatos com bigodes quebrados ou mais curtos.

4 ideias sobre “Bigodes nos gatos: um aliado nas travessuras

  1. norma7

    Fidel Sartre,
    (apoiada nos ombros dos grandes – tropecei no abaixo)
    É por isso que sempre te respondo (e te levo muito à sério), seguindo recomendações do P.Almodóvar: “Não fique cercado por pessoas que….fazem a mesma coisa que você” . ( vc não faz. faz? começa que a minha preocupação com bigodes é : NIHIL)
    Continue com as tuas gatices e controle firme com os ‘inquilinos’ 😀
    Norma

    “Escreva sobre o que te dá medo, sobre o que te dá vergonha, sobre o que você ama. Escreva sem julgar, escreva sobre os outros. Escute conversas alheias, mesmo se as pessoas te parecerem estranhas. Ande de ônibus e de metrô e observe tudo. Lide com pessoas de diferentes profissões e idades. Não fique cercado por pessoas que tem a sua idade e fazem a mesma coisa que você. Aliás, fuja delas.” (Resposta de Pedro Almodóvar para uma cineasta iniciante, quando ela pediu um conselho)

    Responder
      1. norma7

        Tks dica. Ele, como transgressor (exceto os patológicos ou rebeldes sem causa) deve ter um alter ego revolucionário…(lembrando: “Tudo que a memória amou já ficou eterno.” – Adélia Prado).
        Então, a ver… Na fila.
        B.sábado e Boa Sorte! Norma

        Responder

Daí, o que você acha disso ?