Deu no G1:Acidente entre ônibus e carreta deixa 9 mortos e 24 feridos em Rondônia

Nove pessoas morreram e 24 ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus e uma carreta na noite desta quarta-feira (7) na BR 364 no município de Ariquemes, a 200 km de Porto Velho. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o ônibus fretado levava passageiros para a Bolívia. Por volta das 23h, a carreta, que vinha no sentido contrário, teria saído da pista. O ônibus bateu no baú da carreta. A relação das vítimas fatais, divulgadas pela PRF é a seguinte :

Ronaldo Paulino Alves, 45 anos
Nadir Antunes dos Reis, 49 anos
Maria Odilia Ferreira Souza, 57 anos
Maria Gomes Vieira, não informado
Maria das Graças Nascimento, 51 anos
Marcelino Francisco de Souza, 56 anos
José Anacleto Vieira, 56 anos
Jamiro Ferreira Lopes, 40 anos
Geni Barbosa Terlan, 59 anos

A notícia completa você lê no G1 .

2 pensou em “Deu no G1:Acidente entre ônibus e carreta deixa 9 mortos e 24 feridos em Rondônia

  1. ROSIMAR GOMES VIEIRA

    MEU FINADO PAI JOSE ANACLETO VIEIRA 01 08 1955 56 ANOS
    MINHA QUERIDA MAE MARIA GOMES VIEIRA 20 01 1957 55 ANOS

    Responder
  2. Antonio Barcellos

    Caro Jornalista Beto.
    Já deves ter percebido que em todos os acidentes graves tem caminhões envolvidos. Já conversei com três deputados e nenhum deles teve interesse de tocar um projeto que tenho rabiscado: proibir os caminhões de rodar entre 22h e 6h, obrigando os motoristas a um descanso compulsório e necessário.
    Este acidente de quarta-feira em RO será apenas mais um dos tantos que teriam sido evitados, pois ocorreu por volta das 23h. Nove vidas ceifadas, prejuízos materiais e psicológicos incalculáveis para as empresas, para os profissionais envolvidos e para os familiares, que perderam seus entes queridos. Crianças sem pais e/ou mães.
    Temos que dar um basta a esta “guerra” diária nas nossas estradas.
    Através do sucesso do seu blog, quem sabe este projeto possa despertar o interesse de algum deputado e que venha a se transformar em lei e prática nacional.
    Aquele abraço de São Leopoldo, RS.

    Responder

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.