Beleza indígena em destaque em concurso na aldeia Karitiana

A beleza e a graça de 15 meninas indígenas vão desfilar pela passarela montada na aldeia central do povo Karitiana, a 95 km de Porto Velho (50 km pela BR 364 sentido Guajará Mirim e 45 km pelo ramal Maria Conga), nos dias 21, 22 e 23 de dezembro. É o primeiro concurso do gênero organizado pela Akot Pypin Abnipa, Associação Indígena Karitiana, presidida pela liderança Renato Karitiana.
A disputa para consagrar a mais bela garota indígena será dividida em etapas eliminatórias. Ao longo dos três dias também estão programadas outras atividades como campeonato de futebol e um grande churrasco na final do concurso.
A abertura será no dia 21, às 8h, com desfile das candidatas caracterizadas com roupas tradicionais. As meninas entre 12 e 16 anos, das três aldeias karitianas, serão julgadas por um juri de cinco pessoas formado por representantes da cultura não indígena (2) e indígena (3).
Como se trata da primeira iniciativa, a associação busca apoio dos vários segmentos da sociedade para dar ao evento o merecido destaque. De acordo com Valdenilda Karitiana, que faz parte da comissão organizadora, a ideia é presentear as meninas com kits de maquiagem ou produtos de beleza, por isso solicita aos comerciantes ou instituições que queiram apoiar, para procurar a associação. (telefone *69) 9229-1774).
A comissão organizadora, em nome do presidente eleito, Antenor Karitiana (assumirá em breve), convida toda a população para prestigiar o evento, que representa a valorização da autoestima das meninas indígenas, bem com a difusão da cultura karitiana. “É uma maneira da sociedade conhecer melhor nossa aldeia, nossa cultura, nossa gente”, explicou Renato Karitiana.

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.