Do mural de Alberto Lins Caldas

‎*
● digo no ouvido dele ●
● sentindo cheiro de sangue ●
● “!escuta bem” e ●

● longe o mar e ●
● bem depois ●
● inda mais distante ●

● aquilo q falo vendo escorrer ●
● vermelho sobre a pedra o q ●
● jorra da cabeça “!terra minha” ●

● sei q não ri sei q escuta ●
● depois enterro na areia ●
● molhada o corpo q ●

● agora treme e se ergue ●
● elevando os braços em pe ●
● como se buscassem a cabeça e ●

● gira os olhos ●
● encontrando meu olhos ●
● digo “!agora é tarde” e vejo os ●

● dele se abrirem mais e a ●
● boca travada os dentes se ●
● mordendo de odio a lingua ●

● sem nada poder dizer e ●
● ele vai fechando as palpebras ●
● porisso digo rapido “!adeus” ●
*

Daí, o que você acha disso ?