Acidente com trio elétrico mata pelo menos 16 pessoas no Sul de MG

Um acidente grave em Bandeira do Sul,cidade com 5.340 habitantes a 440 quilômetros de Belo Horizonte  no Sul de Minas Gerais, deixou 16 mortos neste domingo (27), em uma festa de pré-carnaval organizado pela Prefeitura de Bandeira do Sul, segundo informação confirmada pela Polícia Militar, às 22h15.  Segundo a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), uma serpentina metalizada teria sido jogada em um cabo de energia. O cabo teria se partido e caído no chão, atingindo também o trio. Segundo os bombeiros, dezenas de pessoas ficaram feridas. Elas estão sendo atendidas no Hospital Paulina Damen, em Bandeira do Sul, na Santa Casa de Poços de Caldas e no Hospital São José, em Botelhos. Com o acidente, a cidade está sem energia. O secretário de Saúde de Poços de Caldas, Jose Julio Balducci, disse  que muitos pacientes estão sendo atendidos na Santa Casa da cidade, já que Poços fica a cerca de 20 km de distância de Bandeira do Sul, onde ocorreu o acidente. “Disponibilizamos toda nossa estrutura de saúde. Inclusive temos equipes de médicos e enfermeiros em Bandeira do Sul”, afirmou. Segundo Balducci, a Prefeitura reservou uma área no hospital para receber os familiares das vítimas que estão em busca de informações. “Foi uma catástrofe. Tinha muita gente no trio elétrico e ainda não sabemos o número exato de óbitos, além feridos entre leves e graves”, disse. De acordo com o Corpo de Bombeiros, centenas de foliões participavam da festa com um trio elétrico na praça principal da cidade, quando uma pessoa teria acertado um fio de alta tensão com uma serpentina laminada.Segundo a Cemig, a serpentina metalizada teria atingido um cabo de média tensão, de cerca de 7 mil Volts. - Parece que o papel laminado fez o fio entrar em curto-circuito e pegar fogo. O cabo caiu em cima do caminhão, que passou a ser condutor de energia elétrica e várias pessoas foram eletrocutadas. Quem tentava tirar o outro da corrente, também morria – contou o delegado da Polícia Civil na cidade, Ademir Luiz Correa.A polícia também investiga a hipótese de o acidente ter sido causado por um foguete. Pelo menos 50 feridos foram levados para hospitais de Bandeira do Sul, Poços de Caldas e Campestre. O número oficial de mortos ainda não foi contabilizado. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Poços de Caldas.A maioria dos mortos é de adolescentes.

Daí, o que você acha disso ?