Escola de Alto Desempenho : novos programas para escolas públicas brasileiras

Criados nos EUA e adotados no Brasil pela Vitae Futurekids, o “Aprendizagem Sistêmica” e o “Pró-Família” já estão à disposição das Secretarias de Educação

A Vitae Futurekids, empresa especializada no desenvolvimento e na implantação de soluções para a Educação, lança no Brasil três programas pioneiros. Dois foram criados por educadores norte-americanos e prometem revolucionar o modo de ensino e aprendizagem nas escolas, especialmente as da rede pública, tão carentes de modelos inovadores. Outro foi criado por especialistas brasileiros, graduados na área de Administração, Pedagogia, Filosofia, Psicologia e História.

Esses programas serão oficialmente apresentados no próximo dia 15 de abril, durante o evento “Escola de Alto Desempenho – Seminário Internacional de Práticas Inovadoras para a Educação”, que será realizado no Teatro Renaissance, em São Paulo. Algumas centenas de prefeitos, secretários de Educação e outras autoridades estão sendo convidados para a exposição dos especialistas dos EUA: Dr. Spencer Kagan, Karen Mapp, Anne Henderson e Vivian Johnson; e do presidente da Vitae Futurekids, Luís Namura.O programa denominado “Aprendizagem Sistêmica” é um deles. Criado por Kagan, psicólogo, psiquiatra e mestre em Educação, já apresentou excelentes resultados em escolas dos Estados Unidos, que se refletiram em melhorias de relacionamento em sala de aula e em notas mais altas.

O objetivo é potencializar o aprendizado e, ao mesmo tempo, transformar a escola num espaço cooperativo, de troca de ideias e de conhecimentos, desenvolvendo entre os estudantes habilidades sociais e de relacionamento. Reunidos em grupos de quatro dentro da sala, são estimulados a interagir entre si em torno do tema estudado. É uma nova abordagem que pode ser utilizada em todas as disciplinas e com qualquer conteúdo. Para orientar os professores na adoção do método, a empresa oferece cursos especiais de formação.
“Percebemos a necessidade de desenvolver nos alunos habilidades socioemocionais. Mudaram os valores, a família brasileira. Muitas das crianças e jovens de hoje têm um perfil diferente daquele de gerações passadas, sem preparo emocional para interagir de forma saudável. A escola precisa acompanhar esse novo tempo, adotando não só formas criativas de ensinar, mas incentivando também a ajuda mútua entre colegas de sala, tornando o aprendizado não só mais dinâmico, como também mais humano”, relata Aline Tosini, coordenadora e responsável pela implementação do método.
Outro programa inovador é o “Pró-Família”, que promove visitas à casa dos alunos, a fim de que os educadores conheçam pais, irmãos e o modo de vida da família. Desenvolvido na Universidade de Harvard (EUA) pelas educadoras Karen Mapp, Anne Henderson e Vivian Johnson – e adaptado à realidade brasileira -, tem como objetivo criar uma relação mais afetiva entre pais, professores e alunos, obtendo o apoio da família no processo educativo, de forma a melhorar o aprendizado, bem como diminuir a evasão escolar.

“Percebemos que muitas vezes o aluno não apresenta um bom desempenho escolar porque as famílias precisam de orientações de como podem contribuir para que seus filhos aprendam. As visitas regulares à família vão facilitar a compreensão da realidade do aluno e se traduzir em atividades pedagógicas mais focadas em sala de aula”, explica Camila Almada, Consultora da Vitae Futurekids. O programa também prevê cursos de formação dos educadores para que eles se sintam estimulados a participar da experiência e saibam como abordar as famílias visitadas.

Mas, para que os resultados sejam efetivos, a estrutura de gestão escolar precisa acompanhar todas essas mudanças no modo de pensar a Educação. Por isso, está sendo lançado também o programa “Qualificação de Gestores da Educação”, desenvolvido por especialistas brasileiros, de importância fundamental para um salto de qualidade no ensino público do país. Por meio dele, diretores e vice-diretores de escolas, coordenadores pedagógicos e lideranças das secretarias de educação aprenderão técnicas gerenciais inovadoras, com a ajuda de consultores e executivos, sempre com foco na administração escolar.

Daí, o que você acha disso ?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.